WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Castro Alves’

Castro Alves: Filhos de ex-prefeito aparecem em lista de auxílio emergencial

Casos de recebimento irregular de auxílio emergencial têm chamado a atenção. Em Castro Alves, no Recôncavo, dois filhos do ex-prefeito Clóvis Oliveira aparecem na lista. Cloves Rocha Oliveira Junior consta na de abril, e Diego Santos Oliveira, na de maio. Quanto ao primeiro, a informação é que a quantia de R$ 600 está retida. Já no caso de Diego não há restrição para o recebimento da mesma quantia.

Segundo apurou o Bahia Notícias, os dois filhos do ex-prefeito são empresários com renda que não permitiria o benefício. A exigência é que a pessoa tenha família com renda mensal por pessoa até R$ 522,50, ou com renda total de até três salários mínimos [R$ 3.135]. Além dos dois citados, há indícios de que uma empresária da cidade, de nome Lucivana Santana Rodrigues, esposa do pré-candidato a prefeito das últimas eleições de 2016 Gleison Campo.  também tenha recebido R$ 600 em abril.

Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) apontou que 39.636 pessoas na Bahia receberam o auxílio emergencial de forma irregular. Destes, 1.358 foram destinado a “mortos”. O prejuízo foi calculado em R$ 26,4 milhões.

O ex-prefeito, teve as contas rejeitadas pela Câmara de Vereadores. Com isso, o ex-gestor fica inelegível por oito anos.

Prefeitura de Castro Alves prorroga toque de recolher até 5h de segunda-feira (20)

Fotos: Leandro Alves / Bahia10

A Prefeitura de Castro Alves, Recôncavo Baiano, informa a prorrogação do toque de recolher em todo território do município entre as 18h e 5h durante os próximos seis dias. A medida estende-se até as 5h da manhã da próxima segunda-feira, 20 de julho. Nos próximos dias segue suspensa a circulação e permanência de pessoas, inclusive com utilização de veículos, nas praças públicas municipais, ruas e avenidas, com o objetivo de reduzir contatos e aglomerações. Também segue proibido realizar reuniões, festas e eventos de qualquer porte e a prática de atividades físicas em via pública.

Após avaliar os dois primeiros dias da adoção do toque de recolher na cidade, e o comportamento da população, a gestão municipal optou por prorrogar a medida, para que as pessoas mantenham o isolamento social por mais tempo. Os casos crescentes de contaminação por Coronavírus na cidade apontam a necessidade da extensão da medida. Em dois dias, 19 pessoas foram autuadas, dois bares foram multados e fechados, duas motos foram apreendidas e nove pessoas foram reconduzidas as suas casas em um ônibus da prefeitura.

O descumprimento do decreto municipal pode implicar em multa de R$ 100 a R$10 mil, interdição temporária de estabelecimentos, cassação de licença de funcionamento, remoção compulsória de pessoas, entre outras. A Polícia Militar, através do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE Litoral Norte) e do 5º Pelotão da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), apoia e reforça o policiamento nas ruas da cidade.

Castro Alves: Toque de recolher segue até a próxima segunda-feira (13), como medida de combate à Covid-19

Fotos: Leandro Alves / Bahia10.com.br

Como estava previsto, foi iniciada a Operação Toque de Recolher, às 18h no neste último sábado (11), e segue até a próxima segunda-feira (13), em Castro Alves, no recôncavo baiano, decretou toque de recolhe. O prefeito Thiancle Araújo foi até a Prefeitura, para acompanhar a saída do grupo, que reúne equipes de fiscalização da Prefeitura e da Polícia Militar, que percorreu localidades do município para garantir o cumprimento do decreto municipal.

O prefeito Thiancle Araújo fez um pedido especial para a população, “nesse momento é importante estarmos unidos para combater o vírus, a Covid-19, para evitar a contaminação. Agradeço a todos os envolvidos nessa ação que é realizada para proteger a nossa população”.

Durante o primeiro dia de toque de recolher em Castro Alves, 11 pessoas foram notificadas e dois bares foram fechados e multados, por venderem bebida a consumidores dentro dos estabelecimentos. A equipe de vigilância realizou operação de fiscalização, com apoio da Polícia Militar. Algumas pessoas estavam na porta de suas casas, e foram orientadas a entrar, para respeitar as determinações do decreto n°52. Três pessoas foram levadas para suas casas em um ônibus da prefeitura.

Já no segundo dia de operação de fiscalização,

06 pessoas foram conduzidas para suas casas no ônibus da prefeitura, 02 motos foram apreendidas, e houve a aplicação de

08 multas.

A operação de fiscalização será realizada ainda na noite desta segunda-feira (13), último dia de toque de recolher na cidade.

A prefeitura de Castro Alves reitera a população a necessidade do cumprimento do isolamento social, para frear a disseminação do Coronavírus.

A Polícia Militar, através do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), e da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), está reforçando o policiamento nas ruas da cidade.

Castro Alves: Confirma 02 óbitos em decorrência da Covid-19; sobe para 124 casos

A prefeitura da cidade de Castro Alves, Recôncavo Baiano, confirma 02 óbitos de pacientes em decorrência do Coronavírus. Os pacientes eram idosos e um deles realizava tratamento de hemodiálise.
Neste momento, nos solidarizamos com familiares e amigos.

Neste boletim registra-se ainda 06 novos casos confirmados de contaminação pelo Covid-19. Os pacientes tiveram a confirmação após a realização de testes rápidos, e estão em isolamento domiciliar. Cinco pacientes seguem internados no hospital da cidade e em hospital de Salvador.

 

Covid-19: Toque de recolher é decretado em Castro Alves

Foto: Blog Bahia10 – Leandro Alves

A Prefeitura de Castro Alves, Recôncavo Baiano, informa a implantação do toque de recolher em todo território do município entre as 18h até às 5h do sábado (11), do domingo (12) e da segunda-feira (13). Em virtude dos casos crescentes de contaminação por Coronavírus na cidade desde o São João, a gestão municipal transferiu o feriado de emancipação política para a próxima segunda-feira e determinou o fechamento do comércio.

Através do decreto nº 52, enquanto durar a situação de toque de recolher, fica terminantemente proibido a circulação e permanência de pessoas, inclusive com utilização de veículos, nas praças públicas municipais, ruas e avenidas, com o objetivo de reduzir contatos e aglomerações. Também segue em proibição a realização de reuniões, festas e eventos de qualquer porte, seja ele público ou privado, e a prática de atividades físicas em via pública.

Neste período fica permitido a circulação de pessoas somente para cumprimento de atividade laboral essencial, acesso aos serviços de farmácia, supermercado, funerária, atendimento ou prestação de serviço em saúde, segurança e limpeza pública, desde que devidamente comprovada necessidade e urgência. As atividades de delivery para serviços de lanchonetes, bares e restaurantes, bem como entregas de água e gás também estão autorizados.

O descumprimento das medidas impostas no decreto municipal pode implicar em multa de R$ 100 a R$10 mil, interdição temporária de estabelecimentos, cassação de licença de funcionamento, remoção compulsória de pessoas, entre outras. A Polícia Militar, através do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE Caatinga) e da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), apoia e reforça o policiamento nas ruas da cidade. A adoção do toque de recolher visa diminuir o aumento do contágio comunitário e preservar vidas. A gestão municipal poderá renovar e implantar outras medidas a qualquer tempo.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia