WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘Sapeaçu’

Sapeaçu: Dico Barros anuncia empresário como pré-candidato a vice

Foto: Divulgação/PSD

O Vereador de Sapeaçu e pré-candidato a prefeito da cidade, Dico Barros (PSD) apresentou o empresário Gilvan Costa dos Santos, conhecido como Juquinha, como seu companheiro de chapa na disputa desse ano.

A união foi celebrada em vídeo das redes sociais, onde Juquinha afirma que topou a disputa por conhecer Dico. “É um rapaz jovem, trabalhador e sei que tem boas ideias para nossa cidade”, disse.

Segundo ás informações do site Política Livre, Juquinha, nunca foi político e teve seu nome referendado pela vontade popular, de acordo com Barros. “Muita gente no nosso grupo abriu mão dessa indicação, pois entendeu que Juquinha era o melhor para o momento, era o que as pessoas pediam”, contou.

TJ-BA suspende prazos processuais e atividades presenciais em Cachoeira e Sapeaçu

Foto: Divulgação / TJ-BA

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) suspendeu as atividades presenciais e prazos processuais nas Comarcas de Sapeaçu e Cachoeira, no Recôncavo Baiano. A medida tem o objtivo de cumprir o ‘lockdown’ decretado nos municípios contra o novo coronavírus. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (24).

Na cidade de Cachoeira a medida começa a valer no domingo (26) e termina no dia 2 de agosto. Já em Sapeaçu, a suspensão está em vigor desde o dia 22 de julho e vai até terça-feira (28). Segundo o Bahia Notícias, Durante a suspensão, vai ser adotado o regime de teletrabalho para magistrados e servidores das comarcas. Os prazos que vencerem nas datas especificadas serão prorrogados para o primeiro dia útil depois do encerramento da suspensão.

Prefeitura de Sapeaçu decreta fechamento de serviços essenciais e surpreende moradores

A prefeitura de Sapeaçu, a 159 km de Salvador, adota o lockdown a partir desta quarta-feira, 22, inclusive com o fechamento dos serviços considerados essenciais, como forma de combater o avanço da Covid-19. A medida será válida por sete dias.

Conforme o documento, estão proibidos de funcionar até o 29 de julho estabelecimentos como feiras, supermercados, açougue, revendedores de água mineral, laboratórios particulares, clínicas veterinárias, granjas, instituições bancárias, mercados de alimentos, produtos agropecuários e lojas de produtos de higiene pessoal.

Por meio de publicidade veiculada em rádios locais, o prefeito da cidade, George Góis (DEM), recomendou que a população se abastecesse para enfrentar o período, uma vez que será permitido apenas o funcionamento de farmácias, serviços funerários e delivery de gás.

As medidas mais severas deixaram os moradores apreensivos e revoltaram comerciantes, que afirmam ter estranhado o fechamento de serviços considerados essenciais.

Segundo o último boletim epidemiológico, divulgado na noite desta terça-feira, 21, Sapeaçu já registrou 132 casos de Covid-19, com 72 pacientes curados e nenhuma morte confirmada.

Fonta: Atarde Online

Sapeaçu: Prefeitura pagou R$ 16 mil em adesivos e pias improvisadas de plástico

Foto: Reprodução / Correio24hrs

Sem licitação, a Prefeitura Municipal de Sapeaçu, no Recôncavo baiano, comprou adesivos personalizados e seis pias improvisadas feitas de tambor de plástico pelo valor de R$ 16,7 mil. Segundo a gestão, os equipamentos foram adquiridos para a lavagem de mãos da população a fim de evitar a disseminação da covid-19 na cidade.

Sapeaçu registra, até esta terça-feira (9), seis casos da nova doença, conforme dados do boletim epidemiológico estadual. Moradores do município suspeitam de mau uso do dinheiro público.

Espalhados em pontos da cidade, os lavatórios levam o adesivo da prefeitura e estão localizados na barreira sanitária, no Hospital Municipal, na Secretaria Municipal de Saúde, no Mercado Municipal, na delegacia de polícia e numa agência do Banco do Brasil.

Em anonimato, um morador contou ao Correio24hrs, que os lavatórios não dispõem de detergente ou sabão para lavar as mãos, o que seria necessário para matar o vírus.

Auxiliar administrativo e também habitante de Sapeaçu, Cristiano Santos Oliveira conta que ao saber da instalação das pias, achou que haveria mais delas distribuídas pela cidade. “Não vejo muito o pessoal usando”, comenta.

A compra dos equipamentos foi publicada no último dia 20 no Diário Oficial do município. A empresa vencedora foi a J.B. Comunicação Eirelli, de propriedade de Edijaldo Lopes de Souza Junior, que além das pias, forneceu também os adesivos personalizados.

Embora a informação do valor pago esteja publicada no próprio site da prefeitura, o prefeito George Góis (PPS) disse, em nota, que “essa denúncia é fake news”.

A prefeitura enviou ao Correio24hrs, a nota fiscal da compra das seis pias, no valor de R$ 4,2 mil, mas não explicou exatamente como foram gastos os outros R$ 12,5 mil, que seriam referentes ao serviço de personalização adesiva.

Feitas com barril de plástico, as pias têm dispensador de papel e suporte para sabão líquido. Cada uma saiu a R$ 700. A reportagem pediu as demais notas fiscais do contrato, mas elas não foram enviadas.

“Estamos trabalhando e intensificando cada dia mais as ações de combate ao covid-19 na cidade, e não estamos medindo recursos nem esforços para investimento de equipamentos, treinamentos, equipamentos de proteção, conscientização, distribuição de máscaras de proteção, desinfecção de espaços públicos e muito mais para evitar a proliferação desta doença”, disse o prefeito.

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) informou que não acompanha diariamente as ações administrativas dos municípios, afinal a Bahia tem 417 cidades. A prestação de contas relativas ao mês de maio ainda será apresentada à corte. Se constatada alguma irregularidade — como a falta de licitação para a compra —, o prefeito pode ser chamado a depor.

Se o gestor municipal não fornecer explicações, a Inspetoria Regional do TCM instaura um termo de ocorrência para apurar a possível irregularidade, que depois será examinado pelos conselheiros e pode resultar em punição.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

A prefeitura de Sapeaçu, através da Secretaria Municipal de Saúde, instalou nos principais pontos da cidade, lavatórios para reforçar a importância da lavagem das mãos, na perspectiva de sensibilizar a população, quanto a necessidade de adotar essa medida preventiva no enfretamento do Coronavírus. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) a lavagem das mãos é considerada como um dos principais instrumentos contra epidemias, reduzindo em até 40% a contaminação por vírus e bactérias que causam doenças como gripes, resfriados, conjuntivites e viroses. Cuidados na higienização são necessários, mas também reinteramos a necessidade de manter a distância de 1,5m entre as pessoas, usar máscara de proteção , assim como, evitar levar as mãos nos olhos, nariz e boca. #PrefeituraDeSapeaçu #SaúdeSapé #FicaEmCasaSapeaçu #UseMáscara

Uma publicação compartilhada por Prefeitura de Sapeaçu (@prefeituradesapeacu) em

Sapeaçu confirma primeiro caso importado do novo Coronavírus

A Secretária Municipal de Saúde da cidade de Sapeaçu, no Recôncavo Baiano, Cristiane Gois e a Coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Thomasia Maia comunicam a toda população da cidade, que na tarde desta quinta-feira (21/05), recebemos a confirmação do primeiro caso do novo Coronavírus do município. Por meio de rede social, trata-se de um caso importado, tendo em vista que o paciente esteve frequentando outros municípios com casos confirmados de COVID-19. Salientamos que o quadro de saúde do paciente é estável e encontra-se em isolamento domiciliar, a partir de agora será monitorado pela Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica do Município.

Lembrem-se: FIQUEM EM CASA, o máximo que puderem. Evitem aglomerações. Também redobrem os cuidados com a higienização, usando máscaras, se forem sair e lavando bem as mãos.

Homem é morto a tiros dentro de casa na zona rural de Sapeaçu

(O corpo foi removido para o DPT de Santo Antônio de Jesus)

Um homem foi morto a tiros no interior de sua residência na noite do último sábado, (02), em Jenipapo, zona rural do município de Sapeaçu, Recôncavo Baiano. Segundo informações do Blog Forte na Notícia, a vítima identificado por Crispim de Souza teve sua casa invadida por homens armados que efetuaram vários disparos de arma de fogo, e em seguida fugiram do local. Devido aos ferimentos graves, a vítima morreu na hora.

A Polícia Militar foi acionada, mas até a publicação dessa matéria ninguém havia sido preso. O corpo foi removido para o DPT de Santo Antônio de Jesus. A autoria, bem como a motivação do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia