Wagner diz que Cunha é quem mente e que chantagem acabou

O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, rebateu as declarações dadas pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na manhã desta quinta-feira, 3. O ministro disse que o peemedebista é quem mentiu e que, com a deflagração do processo de impeachment, o governo se livrou de chantagem. “Agora isso tudo sai da coxia e vai para o palco; acaba a chantagem”, afirmou o ministro, em coletiva no Palácio do Planalto. Mais cedo, Cunha acusou a presidente Dilma Rousseff de mentir em seu pronunciamento na noite de ontem ao negar ter tentado fazer barganha para barrar o prosseguimento do processo de impeachment. O peemedebista disse que, à sua revelia, foram oferecidos os três votos do PT no Conselho de Ética em troca da aprovação da CPMF ao deputado André Moura (PSC-SE), um de seus principais aliados. O parlamentar do PSC teria sido levado à presidente Dilma pelo ministro Jaques Wagner. (Leia mais no Política Livre)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *