Show do Criança Esperança chega à 36ª edição nesta segunda-feira (23)

A Globo exibe nesta segunda-feira (23), após a novela Império, o show do ‘Criança Esperança’, que está em sua 36ª edição e, desta vez, tem a educação como mote. 

Por isso, quatro filhos de professores foram chamados para apresentar o especial. As cantoras Ivete Sangalo e Iza, a jornalista Maju Coutinho e o apresentador Luciano Huck aprenderam desde cedo o valor da educação ao conviverem com a profissão de suas mães. “Eu sempre admirei o trabalho da minha mãe; me sinto abençoada por ter tido uma mãe professora, tenho certeza que isso fez muita diferença na minha formação”, homenageia Iza, que completa: “Eu acho muito importante o ‘Criança Esperança’ focar na educação este ano, porque é isso que salva vidas”. 

Maju Coutinho é filha de pai e mãe educadores. “Crescer num ambiente que tem a educação como foco foi essencial para minha trajetória. Eles sempre serviram de farol para que eu e meu irmão compreendêssemos, internalizássemos que só deixamos de aprender quando deixamos de existir.

O aprendizado é constante”, lembra Maju. Para Luciano Huck, a escolha do tema foi muito adequada: “Discutir, debater e falar sobre educação é muito importante. Acho que a pandemia iluminou muito as nossas desigualdades, e uma delas foi a disparidade da qualidade do ensino no Brasil”.
Quem encerrará a apresentação é Déa Lucia, mãe do ator Paulo Gustavo. Ela subirá ao palco para uma grande homenagem ao filho e a todas as vítimas da Covid-19. O programa vai exibir ainda vídeos com a participação de beneficiados do projeto, conduzidos por nomes como Regina Casé, Gil do Vigor, além de Maju e Huck.

Sobre o projeto
O ‘Criança Esperança’ foi lançado pela Globo há 36 anos. Até hoje, mais de R$ 420 milhões em doações foram investidos no Brasil em mais de seis mil projetos sociais, beneficiando mais de quatro milhões de crianças, adolescentes e jovens em todo país. É possível fazer doações durante o ano inteiro, pelo site do ‘Criança Esperança’ (www.criancaesperanca.com.br), e pelo pix  esperaca@unesco.org. Os recursos arrecadados são depositados diretamente na conta da Unesco, que é responsável pela seleção de projetos, por meio de edital público, realizado anualmente, além de monitorar e fazer o acompanhamento técnico e financeiro das instituições apoiadas. O ‘Criança Esperança’ é uma parceria Globo e UNESCO.

Faixas que serão apresentadas no show:

Ivete Sangalo + Barões da Pisadinha – Investe em Mim
IZA + Ludmilla – Gueto e Rainha da Favela
Zezé e Luciano + Israel e Rodolffo – É o Amor
Juliette + Wesley Safadão – Anunciação e Disparada
Emicida + Majur + Drik – Amarelo
Luan Santana + Isadora Pompeo – Ninguém Explica Deus
Alok + Melim + Maria Fernanda – Somos
Déa Lúcia + IZA + Ivete – O Sol Nascerá,

Bahia

Na Bahia, dez projetos foram selecionados e vão receber aporte do Criança Esperança este ano. Veja quais são:

Associação Humana Povo Para o Povo (Salvador): a associação trabalha desde 2007 como ponte de apoio para comunidades que necessitam de algum tipo de auxílio para superar a pobreza, promove um trabalho alicerçado na missão de estimular projetos que desenvolvam o conhecimento, habilidades e ofereçam capacitação aos indivíduos e às comunidades.

Associação Cultural Fanfarra Juvenil Poeta Antonio Frederico Castro Alves (Gandu): com 35 anos de atuação, localizada na região sul da Bahia, dentro do eixo econômico da região do cacau, a Fanjuca – Fanfarra Juvenil Poeta Antônio é uma fomentadora da cultura local e promotora de eventos públicos.

Associação Os Amigos de Clara Amizade Brasil (Salvador): constituída no ano 2000, é uma entidade sem fins lucrativos, que contribui para o desenvolvimento humano da juventude feminina em situação de vulnerabilidade, ampliando e acolhendo em formação crianças, adolescentes e jovens mulheres de 10 anos até 29 anos.

Casa Familiar Agroflorestal do Baixo Sul da Bahia (CFAF) (Nilo Peçanha): fundada em 21 de junho de 2005, é uma associação de natureza educacional que tem como missão principal a formação de jovens empresários rurais para o manejo sustentável da floresta. A escola baseia-se na Pedagogia da Alternância, que valoriza os saberes tradicionais agrícolas e promove o desenvolvimento sustentável e a conservação dos recursos naturais.

Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN) (Presidente Tancredo Neves): existe desde 2002, e oferece formação a jovens de 14 e 18 anos residentes da zona rural e a filhos de agricultores. Objetivo da iniciativa é promover a formação de adolescentes por meio de projetos educativos produtivos, visando sua permanência no campo e na agricultura familiar, de forma a comprometê-los com o desenvolvimento de suas comunidades e da região.

Grupo de Apoio à Criança com Câncer Sul Bahia – GACC (Itabuna): fundado em 06 de outubro de 1996, o GACC Sul Bahia é direcionado ao atendimento de famílias de baixa renda, e tem como objetivo garantir o direito ao tratamento do câncer, atendendo crianças e adolescentes residentes do interior do estado da Bahia, abrangendo as áreas da região sul, extremo sul, sudoeste e oeste baiano. O projeto também assegura que as crianças e adolescentes em tratamento oncológico tenham o direito à continuidade dos estudos escolares, com acompanhamento de professores.  

Lar da Criança (Salvador): a instituição tem a missão de acolher e proteger crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social, garantindo educação, lazer e saúde. Com 57 anos de experiência em acolhimento, o local é referência na sua área de atuação, promovendo a reintegração dos acolhidos as suas respectivas famílias ou famílias substitutas.

Associação  Cristã de Amparo Social (Salvador): com 29 anos de atuação numa área periférica e pouco valorizada de Salvador, a Associação Cristã de Amparo Social tem a missão de cooperar na construção de uma sociedade justa e cidadã com experiências na vida de crianças, adolescentes e suas famílias. Nesse trabalho, oferece práticas educativas, culturais, esportivas, recreativas e de cunho empreendedor. Com a perspectiva de incluir aqueles que se encontram em processo de exclusão social, promove atividades de reforço da língua portuguesa, aulas de espanhol, educação física, boxe, dança, teatro e outros.

Centro Comunitário João Paulo II (Salvador): com objetivo de retirar crianças e adolescentes da situação de rua e vulnerabilidade social, o Centro Comunitário João Paulo II atende crianças e adolescentes em situação de desamparo, promovendo desenvolvimento integral em seus aspectos físicos, psicológicos, intelectual e social, e potencializando suas capacidades e dons para o pleno exercício da cidadania.

Centro Projeto Axé de Defesa e Proteção à Criança e ao Adolescente (Salvador): com 27 anos de fundação, sendo referência nacional no atendimento a crianças, adolescentes e jovens em condições de vulnerabilidade, o Centro Projeto Axé de Defesa e Proteção à Criança e Adolescente oferece espaço de convivência socioeducativa e comunitária para superação da desigualdade e exclusão social. Com ás informações do Correio24hrs*.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •