Médicos e servidores iniciam greve no Hospital Regional de Juazeiro

Médicos e servidores do Hospital Regional de Juazeiro, região norte da Bahia, entraram em greve por tempo indeterminado. A unidade de saúde é referência em atendimentos, inclusive, no tratamento de queimados e pacientes com câncer.
Esta é a terceira vez o que o hospital tem as atividades paralisadas, mas desta vez, sem prazo para retorno. Com a greve, consultas, cirurgias eletivas e exames estão suspensos. Funcionam apenas urgência e emergência. Segundo o sindicato dos médicos, a decisão foi tomada em assembleia por médicos, enfermeiros e demais funcionários. Os profissionais reivindicam melhores condições de trabalho e a regularização do repasse para a compra de materiais e manutenção de equipamentos.
Ainda de acordo com o sindicato dos médicos, o repasse de cerca de R$ 3,7 milhões estaria atrasado há três meses.
O Hospital Regional de Juazeiro possui cerca de 500 funcionários e a unidade atende a 53 municípios, o que equivale a aproximadamente dois milhões de habitantes, que vão deixar de ser atendidos durante o período de greve. A empresa responsável pela administração e a mesma do Hospital Regional de Castro Alves.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *