Category Archives: Municípios

Mulher morre e homem fica ferido em acidente na BA-120, na região nordeste da Bahia

Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias

Uma mulher morreu e um homem ficou ferido após se envolverem em um acidente no sábado (19), na BA-120, em Santaluz, no nordeste da Bahia. A motocicleta em que eles estavam caiu em uma ribanceira. As informações são da Polícia Militar.

A vítima fatal foi identificada como Sirleide Costa da Silva. Ela tinha 43 anos e estava na garupa da moto, que caiu em uma ribanceira após o condutor perder o controle da direção em uma curva, no trecho urbano da rodovia.

Sirleide chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal de Santaluz, mas não resistiu aos ferimentos. O condutor da moto, identificado como Deusdete da Silva, de 54 anos, sofreu ferimentos leves e também foi encaminhado à mesma unidade de saúde, mas não há detalhes sobre o estado de saúde dele. Fonte: G1/Bahia

Rui faz apelo aos baianos para evitarem aglomerações durante os festejos juninos

Foto: Frame

Neste sábado (19), em visita a Amargosa, uma das cidades-símbolo do São João da Bahia, o governador apelou à população para evitar aglomerações durante os festejos juninos. Rui esteve no município para entrega de obras e ressaltou a necessidade de reforçar as medidas de prevenção à disseminação do coronavírus. “Quero aqui fazer ao apelo não só ao povo de Amargosa, mas a toda à região e a todos baianos. Estamos insistindo nessa tecla, pela preocupação com o aumento dos casos de Covid-19. Não queremos impedir a tradição, mas precisamos nos cuidar agora e evitar o pior depois”, disse o governador.

Rui destacou que a situação da pandemia poderia ser muito diferente no país se não fosse a lentidão da vacina. “Hoje, já era para 70% do povo brasileiro já estar vacinado. Infelizmente, o presidente não comprou vacina no ano passado, quando os laboratórios ofereceram. Como a CPI está mostrando, teve laboratório que ofereceu ao Brasil vacina pela metade do preço e mesmo assim o presidente não comprou”.

Ele lembrou que, graças aos avanços na vacinação, na Europa, por exemplo está havendo jogos com público nos estádios, enquanto o Brasil se aproxima de uma terceira onda da doença. “Meu apelo é que, mesmo mantendo a tradição cultural do São João, evitem a qualquer custo as aglomerações”, enfatizou o governador, sugerindo que as pessoas façam suas comemorações dentro do grupo familiar com que convivem.

Aniversário de Amargosa é marcado por inaugurações e novas parcerias com o Governo do Estado

O aniversário de Amargosa foi marcado pela visita do governador Rui Costa (PT), inaugurações e anúncios na manhã deste sábado (19).

Além do Paço Municipal, implantação do Espaço Colaborar – Secti e da Sala Do Empreendedor – Sebrae, passeio na Avenida Dr. Luis Sandes (com ciclovia) e a requalificação do canteiro Central da Rua Benedito Almeida e da Avenida Aloísio Borges, foi inaugurado também, a nova sede da Escola Municipal Rosalina Bittencourt e o Hospital Municipal.

Thank you for watching

Por fim, houve uma coletiva de imprensa com a presença do governador, prefeito, o vice-prefeito Getúlio Sampaio, secretários e vereadores, além de prefeitos de cidades vizinhas.

Júlio Pinheiro iniciou seu discurso citando Valmir Sampaio, ex-prefeito vitimado pela covid-19. O governador Rui Costa, anunciou novos investimentos que serão realizados em parceria com o Governo do Estado, como a segunda etapa de reforma do Mercado Municipal, construção de uma praça em Corta-Mão, modernização do CETEP, o Complexo Educacional Poliesportivo, a ampliação da Ferracini, que irá gerar 400 empregos diretos na cidade e assinou licitações para elaboração de projetos para abastecimento de água e rede de esgoto.

Todas as inaugurações foram restritas ao público e sem grandes cerimoniais. (Amargosa News)

Itaberaba: Motorista sem CNH oferece R$ 200 para não ser fiscalizado e acaba preso

Foto: Divulgação/ PRF

Um motorista de 42 anos sem habilitação foi flagrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), ofereceu dinheiro para não ser multado, e acabou preso na noite desta sexta-feira (18), na BR 242 em Itaberaba, no território de identidade do Piemonte do Paraguaçu.

De acordo com a PRF, o episódio aconteceu durante fiscalização de rotina no Km 226 da rodovia. O homem dirigia um veículo com placa de Salvador. Durante os procedimentos de abordagem, o motorista do Fiesta relatou que não possuía carteira de habilitação e que o carro estava com o licenciamento atrasado. Foi solicitado que ele apresentasse sua documentação pessoal para uma consulta detalhada nos sistemas da polícia.

Nesse momento, o motorista se dirigiu ao policial e falou: “posso dar R$ 200 para não fazerem nada e me deixarem ir embora com o carro?”. Questionado se estava oferecendo dinheiro para não ser fiscalizado e a resposta foi positiva, ocasião em que o policial deu voz de prisão ao motorista.

Na vistoria pessoal foi encontrada uma pequena porção de maconha no bolso do homem e apreendida a quantia de 900 reais, informou a PRF.

A equipe também encontrou uma CNH com indícios de falsificação. Sobre o documento, o condutor informou que havia comprado a carteira falsa por não ter tempo de adquirir uma CNH seguindo os trâmites legais.

O homem foi conduzido à Delegacia da Polícia Judiciária para lavratura do flagrante e demais procedimentos. O veículo foi recolhido ao pátio da PRF.

Operação policial prende suspeito de homicídio e tráfico de drogas em Casa Nova

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Homem suspeito de integrar facção envolvida com tráfico de drogas e de matar um homem, em abril deste ano, em Casa Nova, norte da Bahia, foi preso neste sábado (19), na mesma cidade.

De acordo com informações da Polícia Civil, o homem foi preso durante a Operação Narcos, deflagrada pela Delegacia Territorial (DT) de Casa Nova, em conjunto com a Polícia Militar (PM).

De acordo com o titular da unidade policial, delegado Arnóbio Dionísio Soares, o suspeito tinha um mandado de prisão temporária contra ele, expedido pela comarca de Casa Nova.

Ainda segundo a Polícia Civil, o suspeito apontado como autor da morte de Alan Denner de Souza Silva, conhecido como “Pato”, ocorrido no dia 13 de abril deste ano, em uma borracharia às margens da BR 235. A motivação do crime está relacionada com o tráfico de drogas.

Ainda segundo o delegado Arnóbio Soares, o homem também é investigado por outros homicídios ocorridos na cidade. “A quadrilha atua aqui no município, em Remanso e na região do Vale do São Francisco”, disse.

Fonte: G1/Bahia

PGJ expede recomendação para evitar aglomerações nos feriados juninos na Bahia; cidades proíbem fogos e fogueira

A procuradora-geral de Justiça, Norma Cavalcanti, expediu uma recomendação geral para evitar aglomerações nos feriados juninos na Bahia. A recomendação foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) desta sexta-feira (18), conforme informação do Ministério Público estadual (MP-BA).

De acordo com o MP-BA, a promotora alerta aos promotores de Justiça que recomendem aos municípios a adoção de medidas que impeçam a realização de festejos juninos com aglomerações de pessoas.

Segundo a recomendação, os promotores de Justiça, ressalvada a independência funcional, devem orientar os gestores municipais que cancelem todo e qualquer evento presencial, planejado ou patrocinado pelo município, que se destine às comemorações juninas e gere aglomerações, independentemente do número de participantes, com ou sem comercialização de ingresso, como por exemplo, festas, shows, feiras, quadrilhas e outros eventos similares.

Além disso, foi recomendada a revogação de qualquer autorização e alvarás sanitários eventualmente expedidos para a realização de festejos juninos privados que possam causar aglomeração de pessoas, com ou sem comercialização de ingresso, em ambientes públicos ou privados de qualquer natureza, independentemente do número de participantes.

Ainda na recomendação, a PGJ pede aos promotores que orientem também os prefeitos a não realizar, autorizar ou financiar a realização de festejos juninos com concentração de pessoas e tomem providências a fim de coibi-los, por meio do exercício proporcional do seu poder de polícia.

MP recomenda que municípios coíbam festejos juninos

São João do Pelourinho, em Salvador, antes da pandemia da Covid-19 — Foto: Carol Garcia/GOVBA

São João do Pelourinho, em Salvador, antes da pandemia da Covid-19 — Foto: Carol Garcia/GOVBA

Antes da recomendação geral, o MP já tinha informado na quinta-feira (17), outras recomendações para municípios referentes aos festejos juninos. O órgão estadual, por meio do promotor de Justiça Luciano Valadares Garcia, aconselhou a coibição dos festejos juninos em Bom Jesus da Lapa, Serra do Ramalho, Sítio do Mato e Paratinga.

O promotor de Justiça pede que os gestores reforcem a divulgação de campanhas de conscientização, assim como as medidas de fiscalização para evitar aglomerações no período junino.

O MP-BA lembra aos prefeitos que, em decorrência da pandemia, as aglomerações, sobretudo em caso de presença de infectados, podem ser enquadradas nos tipos penas de infração de medida sanitária e de omissão de notificação de doença.

A recomendação levou em consideração que o último boletim da Covid-19, de 15 de junho de 2021, divulgado pela prefeitura e Secretaria de Saúde de Bom Jesus da Lapa, cidade que atende a região, aponta que a UTI do Hospital Carmela Dutra registra um índice de 100% de ocupação, com todos os 10 leitos preenchidos, e que os 23 leitos clínicos no município destinados à Covid-19 também estão todos ocupados.

No município, foram registrados 98 novos casos, totalizando 4.981 casos, e 70 mortes. Em Serra do Ramalho, de acordo com o monitoramento, foram registrados oito novos casos, totalizando 794 casos, e 32 mortes.

Já em Sítio do Mato, o controle registra quatro novos casos, totalizando 190 casos, e cinco mortes. O boletim de Paratinga revela a ocorrência de cinco novos casos, totalizando 1.102 casos, e 19 mortes.

Fogueiras e fogos de artifício são proibidos

Fogueiras e fogos de artifício são proibidos em cidades da BA após recomendação do MP-BA — Foto: Divulgação

Fogueiras e fogos de artifício são proibidos em cidades da BA após recomendação do MP-BA — Foto: Divulgação

Fogueiras e fogos de artifício estão proibidos nas cidades de Coaraci, Almadina e Itapitanga, todas no sul da Bahia, após recomendação do Ministério Público estadual. A informação foi divulgada pelo órgão estadual na terça-feira (15).

O promotor de Justiça Inocêncio de Carvalho Santana, autor das recomendações, informou que os fogos de artifício podem agravar a necessidade do uso das emergências hospitalares com demanda na unidade de queimados. Além disso, a fumaça das fogueiras pode piorar o cenário atual causado pela Covid-19.

A recomendação expedida pelo MP-BA ainda propõe que essas três cidades do sul da Bahia coíbam a realização de festejos juninos.

Em Mata de São João, na região metropolitana de Salvador, um novo decreto com medidas restritivas de combate ao coronavírus proibiu a montagem e acendimento de fogueiras em todo o território da cidade.

Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

Cachoeira vai proibir entradas de turistas no período de festas juninas e estende restrições

Para tentar evitar aglomerações e a chegada de turistas durante o período junino, a prefeitura de Cachoeira, no Recôncavo baiano, anunciou, nesta sexta-feira (18), novas medidas de enfrentamento ao coronavírus válidas a partir das 18h de hoje, até as 5h do dia 29 de junho. As determinações foram publicadas no Diário Oficial do Município (DOM). Dentre as medidas estão a implementação de barreiras que proibirão o acesso de turistas no município durante o período.

Na cidade o toque de recolher foi antecipado para as 20h até às 5h acompanhando o decreto estadual. Eventos de qualquer natureza, independentemente do número de participantes, continuam suspensos. As atividades esportivas coletivas amadoras também seguem proibidas durante o período. Academias e estabelecimentos voltados para a prática de exercícios poderão funcionar, desde que limitado a 50% da capacidade do local.

Como vem sendo feito em outros municípios, Cachoeira também restringiu o acendimento de fogueiras, o uso de fogos de artifício e a guerra de espadas, resolução tomada após reuniões entre a gestão municipal, a Defesa Civil de Cachoeira e o Ministério Público. O decreto também impôs restrições quanto à entrada de turistas, proibindo o acesso de veículos de passeios, excursões e fretamentos.

Ao Bahia Notícias a secretária de saúde Maria José Souza explicou que as barreiras devem passar a funcionar já neste final de semana. “As barreiras já começaram em alguns pontos de acesso ao município. A partir do dia 20 vamos intensificar esse trabalho em todos os acessos mais conhecidos. Serão duas pessoas verificando temperatura, verificando se são moradores da cidade. Isso vale para a semana de São João, mas estamos nos programando para começar já neste domingo (20)”, disse.

A cidade, que está com 100% de ocupação dos leitos de tratamento intensivo (UTIs) destinados a Covid-19, costuma ser um clássico destino para os turistas no São João. No entanto, pelo segundo ano consecutivo, o município pede que os turistas não se direcionem a cidade. “Não haverá nenhuma desta em Cachoeira. Nem ornamentação há na cidade para não estimular. Este ano o São João será comemorado por cada um dentro do seu domicílio. Não insista em viajar, nem vir par ao município pois qualquer tipo de festejo ou aglomeração receberá a intervenção do poder público” sinalizou a secretária.

Maria José contou ainda que a cidade, como outras do interior do estado, tem enfrentado problemas com festas clandestinas. Fiscalizações neste sentido também são preocupação da gestão durante os festejos. “Muitas pessoas insistem em se expor, correr o risco nas aglomerações e festas clandestinas longe do centro da cidade. Por isso nos programamos para, junto à Guarda Municipal e com apoio da Polícia Militar (PM), fiscalizar também a zona rural e os povoados onde as pessoas costumam visitar nesta época”, contou.

De acordo com a gestão, outra alternativa para reduzir o fluxo de pessoas na cidade é a restrição no horário de funcionamento do comércio. Entre as medidas válidas está a liberação do funcionamento até às 18h, entre os dias 23 e 29 de junho. No entanto, nos dias 24 e 25, respectivamente feriados de São João e Data Magna da Cachoeira, só será permitido o funcionamento de farmácias e padarias até às 20h. Estará proibida também a comercialização de bebidas alcoólicas em quaisquer estabelecimentos, inclusive pela modalidade de entrega a domicílio (delivery) nos seguintes períodos: das 18h de 18 de junho até as 5h do dia 21 de junho, e das 18h do dia 23 às 5h do dia 28 de junho.