WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Miguel Calmon’

Vídeo flagra PM destruindo aparelho de som durante abordagem em casa; veja

Reprodução / Rede Bahia

Moradores de Miguel Calmon, no norte da Bahia, denunciaram abordagens violentas de policiais militares. A ação, flagrada em vídeo, mostra um PM quebrando o aparelho de som de um dos moradores.

Nas imagens, é possível notar quando os policiais entram no imóvel, Um deles joga o aparelho de som no chão e depois dá chutes no equipamento. Um homem que estava sentado perto do som, quando a polícia chegou, se manteve recuado no chão, e é possível ver ainda que uma mulher chora ao fundo.

Não se sabe por qual motivo os policiais entraram na casa. Por meio de nota, a Polícia Militar informou que, ao tomar conhecimento do vídeo, o comando da 24ª Companhia de Polícia Militar, responsável pelo policiamento do município de Miguel Calmon, identificou e afastou os policiais das atividades.

Ainda segundo a PM, os militares serão ouvidos nesta segunda (11) na sede da unidade para que seja iniciado o processo que vai apurar o caso. [Assista vídeo no G1/BA]

Efeito coronavírus: Castro Alves cancela festa de São João 2020

A prefeitura de Castro Alves, localizada no recôncavo baiano a 190 km da capital, anunciou nesta  quinta-feira (09) que a festa de São João 2020 da cidade está cancelada. A medida foi tomada devido a pandemia do coronavírus.
Além do Arraiá do poeta a comemoração do aniversário da cidade que acontece no dia 26 de junho. Outro evento cancelado foi a Copa do Poeta, competição de futebol que envolve equipes da zona rural do município.
A prefeitura afirma que o cancelamento segue a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).
Outras cidade também foram canceladas: Sapeaçu, Conceição do Almeida, Amargosa, Cruz das Almas, Santo Antônio de Jesus, Elísio Medrado, Cachoeira, Itaberaba, Senhor do Bonfim, Irecê, Seabra, Miguel Calmon, Euclides da Cunha, Jequié, Piritiba e Ibicuí cancelarão os festejos de São João e São Pedro deste ano em razão da crise do novo coronavírus.

O cancelamento de festas de São João, acarretado pelas restrições do combate à pandemia do novo coronavírus, vai causar impato de 23% nas vendas do varejo, segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-BA). Os segmentos mais afetados, conforme a entidade, são supermercados e vestuário (roupas, calçados, acessórios, entre outros).

“Embora os valores do comércio varejista do estado da Bahia apontem os meses de junho e julho como relativamente fracos ao longo do ano, as festividades têm uma importância muito grande, principalmente, para cidades do interior”, esclarece Guilherme Dietze, consultor econômico da Federação.

O economista alerta ainda para o impacto negativo no turismo. “As cidades deixarão de receber os turistas. Esses que deixarão de viajar, de se hospedar em pousadas e hotéis, de fazer suas refeições em bares e restaurantes, de comprar o artesanato local, ou seja, de fazer circular a economia, o dinheiro e o emprego, especialmente no interior”, diz.

AL-BA aprova mais de 158 pedidos de reconhecimento de calamidade pública; Castro Alves e Conceição do Almeida está na lista

Em nova sessão remota nesta quarta-feira (8), a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) reconheceu o estado de calamidade pública de mais de 158 municípios do estado. Confira os decretos que foram aprovados nesta quarta aqui.

As matérias foram votadas após um acordo de dispensa de formalidades intermediado pelo presidente Nelson Leal (PP), e os líderes da bancada do governo, Rosemberg Pinto (PT) e o da oposição, Sandro Régis (DEM), durante sessão virtual, através do Sistema de Deliberações Remoto (SDR). Com as aprovações, o total de municípios em estado de Calamidade subiu para 181 na Bahia.

Somente a Assembleia pode reconhecer o estado de calamidade pública. Esse tipo de decreto legislativo libera as prefeituras para gastarem dinheiro público com menos burocracia em tempos de crise. A medida, por exemplo, permite que a gestão realoque recursos da educação para saúde, sem a necessidade de cumprir metas orçamentárias, durante o enfrentamento a Covid-19.

As propostas foram votadas por lote, tendo como relatores os deputados Vitor Bonfim (PL), que relatou 156 decretos, e o deputado Alan Sanches (DEM) que relatou dois projetos de autoria do deputado Vitor Bonfim referentes aos municípios de Cândido Sales e Ponto Novo, porque regimentalmente Bonfim não pode ser o relator das matérias de sua autoria. Em ambos os casos os relatores aprovaram os decretos sem nenhuma emenda e com parecer favorável dado a relevância do assunto.

Outros 60 projetos de Decreto Legislativo encontram-se na Assembleia para apreciação na próxima semana. De acordo com o presidente Nelson Leal, a data ainda será definida e novos pedidos deverão chegar na ALBA. Até a edição do Diário Oficial mais recente da AL-BA, mais de 200 municípios pediram o reconhecimento do estado de calamidade pública. São eles:

Antônio Cardoso, Acajutiba, Aiquara, Aiquinique, Alagoinhas, Almadina, Andorinha, Antas, Antônio Cardoso, Apuarema, Aracatu, Aratuípe, Aurelino Leal, Baixa Grande,Barra do Rocha, Barra, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belo Campo, Boa Nova, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejões, Buerarema, Caatiba, Cachoeira, Caculé, Caém, Caetité, Cafarnaum, Cairu, Caldeirão Grande, Campo Formoso, Canápolis, Candeias, Candiba, Cândido Sales, Capim Grosso, Caraíbas,Caravelas, Castro Alves, Catu, Caturama, Central, Coaraci, Cocos, Conceição do Almeida, Condeúba, Contendas do Sincorá, Coração de Maria, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cravolândia, Cruz das Almas, Dias d’Ávila, Dom Basílio,Dom Macedo Costa, Érico Cardoso, Euclides da Cunha, Fátima, Floresta Azul, Gongogi, Governador Mangabeira, Guajeru, Ibicaraí, Ibicoara, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibirataia, Ibitiara, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipecaetá, Ipiaú, Ipirá, Iramaia, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itaetê, Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaguaçu, Itaju do Colônia, Itaju, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanagra, Itaparica, Itapé, Itapetinga, Itapitanga, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itororó, Ituaçu, Iuiú, Jacaraci, Jaguaquara, Jandaíra, Jiquiriçá, João Dourado, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Lagedo do Tabocal, Lagoa Real, Lajedão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Macarani, Macururé, Madre de Deus, Malhada de Pedras, Maraú, Matina, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Mirante, Morro do Chapéu, Mucuri, Mulungu do Morro, Muniz Ferreira, Mutuípe, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Ibiá, Nova Soure, Olindina, Ouriçangas, Palmeiras, Paramirim, Paripiranga, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedrão, Piatã, Pindobaçu, Piripá, Piritiba, Planalto, Pojuca, Ponto Novo, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quixabeira, Remanso, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Pombal, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Salinas da Margarida, Santa Bárbara, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santana, Santanópolis, Santo Estevão, São Félix do Coribe, São Gonçalo dos Campos, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Sebastião do Passé, Saúde, Seabra, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Serrinha, Simões Filho, Sobradinho, Tapiramutá, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Umburanas, Una, Utinga, Valente e Novo Horizonte, Valente, Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wenceslau Guimarães.

Os decretos que não foram apreciados nesta quarta, podem ser analisados na próxima sessão.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia