WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

julho 2020
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Gandu’

Gandu: prefeitura recebe recomendação do MP para reavaliar abertura do comércio

Foto: Divulgação/ Ascom Prefeitura de Gandu

Na última sexta-feira (19), a prefeitura de Gandu recebeu uma orientação do Ministério Público para reavaliar o decreto de reabertura do comércio no município. O documento ressalta o número considerável de casos de coronavírus na cidade e pele que apenas os serviços essenciais sejam autorizados a funcionar.

Assinado pela promotora de Justiça Maria Anita Corrêa, o pedido reforça que estabelecimentos que não estejam enquadrados como necessários apresentem uma justificativa técnica e fundamentada para permanecerem abertos, além da apresentação de evidências e análises da vigilância sobre estratégias de segurança de saúde frente ao cenário local.

A promotora solicita ainda que as estruturas dos serviços de saúde para atender a população diagnosticada com Covid-19 sejam apresentadas como finalizadas, comprovando que a cidade tem capacidade de atender um período de pico de contaminação. Com isso, ela pede a apresentação do suprimento de leitos, EPIs, respiradores, insumos médicos e testes laboratoriais e quantitativos da equipe de profissionais de saúde no município.

Por fim, a recomendação pede ainda que a prefeitura da cidade seja transparente quanto aos numerários de diagnósticos e óbitos relacionados ao vírus.

O comércio da cidade de Gandu foi fechado em maio e totalmente reaberto neste mês de junho. Atualmente, a cidade apresenta 244 casos confirmados para Covid-19, com 191 deles ativos, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Quatro mortes pela doença foram registradas no município. Com ás informações do Bahia Notícias.

Governo da Bahia entrega mais 26 ambulâncias no interior, Cruz das Almas está na lista

(Foto: Divulgação/Sesab)

Vinte e quatro municípios do interior da Bahia com Unidades de Pronto Atendimento (UPA) dedicadas a pacientes suspeitos de coronavírus (Covid-19) receberão 26 ambulâncias do Governo do Estado. A ação reforça o combate à epidemia e dá mais segurança e agilidade, caso haja necessidade de transferências para unidades de maior complexidade.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, afirma que foram investidos cerca de R$ 4 milhões na aquisição dos veículos do tipo picape. “Já entregamos 12 unidades e, nesta semana, faremos as demais entregas, que foram uma determinação do governador Rui Costa”, ressalta o secretário.

Os municípios contemplados são: Alagoinhas, Barreiras, Brumado, Camacan, Conceição do Coité, Cruz das Almas, Esplanada, Gandu, Ilhéus, Ipiaú, Irecê, Itabuna, Itacaré, Jaguaquara, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Morro de Chapéu, Paulo Afonso, Porto Seguro, Santa Maria da Vitória, Serrinha, Tucano e Itaparica.

Deputados aprovam estado de calamidade pública, em mais 86 cidades baianas

Foto: Agência ALBA | Divulgação

Mais 86 municípios baianos tiveram o estado de calamidade pública reconhecido pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Os decretos foram aprovados pelos deputados em sessão virtual realizada na tarde desta terça-feira, 14. Na ocasião, os parlamentares também aprovaram o projeto de lei do Executivo que prevê a criação de um vale alimentação para estudantes da rede estadual de ensino durante o período da pandemia do coronavírus.

Com a votação desta terça, chega a 267 o total de municípios com estado de calamidade reconhecido pelo Legislativo estadual. O número representa 64,02% das 417 cidades baianas.

O reconhecimento do decreto municipal permite que prefeitos flexibilizem o orçamento, podendo direcionar recursos de outras áreas para o combate ao coronavírus.

Tiveram o estado de calamidade reconhecido na sessão desta tarde:

Boa Vista do Tupim, Brumado, Coração de Maria, Lençóis, Mirante, Macururé, Arataca, Varzedo, Serra Dourada, Cravolândia, Água Fria, Belmonte, Cabaceiras do Paraguaçu, Chorrochó, Cordeiros, Crisópolis, Dário Meira, Gandu, Ibotirama, Ituberá, Marcionílio Souza, Mirangaba, Nazaré, Nova Itarana, Nova Redenção, Piraí do Norte, Planaltino, Porto Seguro, Presidente Dutra, Santo Amaro, Sapeaçu, Tanque Novo, Teofilândia, Teolândia, Ubatã, Várzea do Poço, Piatã, Acajutiba, Anguera, Araçás, Aracatu, Banzaê, Barra da Estiva, Barra do Choça, Biritinga, Bom Jesus da Serra, Caetanos, Cairu, Camacã, Camamu, Cardeal da Silva, Correntina, Entre Rios, Guanambi, Ipecaetá, Ipupiara, Itagimirim, Itamari, Itaquara, Itiruçu, Itiúba, Jacaraci, Jacobina, João Dourado, Juazeiro, Jussiape, Lajedo do Tabocal, Luís Eduardo Magalhães, Maetinga, Maiquinique, Maragogipe, Mata de São João, Milagres, Mucugê, Nilo Peçanha, Paripiranga, Pintadas, Santa Cruz da Vitória, São Felipe, Serra Preta, Serrolândia, Souto Sores, Valença, Brejões, Contendas do Sincorá e Rodelas.

Estado suspende transporte intermunicipal em mais quatro cidades entre elas Itatim

Foto: Bahia10.com.br

Em decreto publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (10) o Governo do Estado suspende, em mais quatro cidades, a circulação, a chegada e a saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. A decisão vale a partir deste sábado (11) nos municípios de Itapebi, Ituberá, Santa Luzia e Ubatã.

A medida preventiva do governador Rui Costa passa a abranger 73 cidades baianas: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Canarana, Ipiaú, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias D’Ávila, Alagoinhas, Barra, Candeias, Coaraci, Itajuípe, Medeiros Neto, Santa Cruz Cabrália, Barra do Rocha, Eunápolis, Belmonte, Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité, Utinga, Adustina, Cachoeira, São Félix, Gandu, Ibirataia, Itarantim, Palmeiras, Piripá, Barra do Choça, Campo Formoso, Catu, Ibotirama, São Francisco do Conde, Araci, Aurelino Leal, Euclides da Cunha, Gongogi, Itagi, Itatim e Serrinha.
Em algumas cidades sem casos confirmados de coronavírus, o sistema de transporte intermunicipal foi suspenso porque está integrado ao de municípios com registros da doença.


WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia