WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘Dário Meira’

Varzedo, Dário Meira, Ubaitaba e mais 25 municípios baianos terão cobertura 4G

Em breve 28 municípios baianos contarão com o sinal 4G e conexão fibra ótica. A novidade é fruto de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre a Anatel e a TIM. Para desfrutar da tecnologia basta ter um celular 4G, que possibilitará ligações em alta definição, o tempo para efetuar a ligação passa de oito para dois segundos, o gasto de bateria é reduzido, além da maior qualidade do serviço.

A previsão é que o sinal 4G e a conexão de fibra ótica estejam disponíveis em Varzedo, Barra, Ipecaetá, Itapicuru, Macajuba, Nova Ibiá, Pedrão, Quijingue, Tanhaçu e Várzea da Roça, até o final de 2020. Até junho de 2021 os serviços serão ativados em Jaguaribe, e até dezembro de 2021 os serviços serão ativados em Caetanos, Caldeirão Grande, Dário Meira, Manoel Vitorino, Muquém do São Francisco, Piripá, Rodelas, São Desidério e Vereda.

Outros municípios serão beneficiados com a ampliação do sinal 4G com a frequência de 700 MHz. Esses benefícios chegarão até julho de 2021 em Gandu, Itambé, São Gonçalo dos Campos e Ubaitaba. Já Cândido Sales, Cícero Dantas, Livramento de Nossa Senhora e Piatã serão conectados com fibra ótica, até junho de 2021.

O TAC com o Grupo Tim, possibilitando esses benefícios, foi aprovado pelo Conselho Diretor da Anatel, em sua versão final, no dia 18 de junho. O valor a ser investido será de aproximadamente R$ 639 milhões de reais. Segundo Leandro Guerra, diretor de relações institucionais da TIM Brasil, a partir de 2022 e 2023 outros municípios da Bahia terão cobertura 4G e também serão conectados com fibra ótica.

Fonte: Tribuna do Recôncavo

Governo federal libera recursos para Maragogipe e Dário Meira, na Bahia

Foto: Reprodução

O governo federal liberou recursos para as cidades de Maragogipe e Dário Meira, que ficam no recôncavo baiano e no sul da Bahia, para a compra de cestas básicas e kits de higiene. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (28).

De acordo com o governo federal, a liberação de recursos faz parte do repasse de mais de R$ 1,8 milhão para ações de resposta a desastres naturais, que foi autorizado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional.

Além de Maragogipe, que vai receber R$ 122,9 mil, e Dário Meira, que vai ganhar R$ 152,6 mil, outros 15 municípios que ficam em Minas Gerais, Maranhão, Acre, Pará, Piauí e Rio Grande do Sul vão ser beneficiados. As decisões foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) e beneficiarão cerca de 60 mil pessoas.

Segundo o governo federal, a compra de cestas básicas e de kits de higiene também motivou o repasse para Mâncio Lima (R$ 432,3 mil), no Acre; e de Conceição do Lago-Açu, no Maranhão (R$ 183,2 mil). Também foi publicada a liberação de R$ 140,2 mil para Bom Jesus do Tocantins (PA), afetada por chuvas intensas, para a aquisição de kits dormitório, de higiene e de limpeza.

No Rio Grande do Sul, por causa da estiagem, nove municípios solicitaram os recursos para a compra de kits de alimentos e de assistência humanitária. São eles: Soledade (R$ 21,5 mil), Ivorá (R$ 11,9 mil), Júlio de Castilhos (R$ 22,2 mil), Pareci Novo (R$ 10 mil), Tapera (R$ 15,8 mil), Charrua (R$ 48,2 mil), Fortaleza dos Valos (R$ 19,9 mil), Santa Maria (R$ 60,4 mil) e Bom Jesus (R$ 77,8 mil).

Por causa das chuvas intensas no início do ano, outras duas cidades de Minas Gerais também receberam recursos da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. Itanhomi (R$ 24,7 mil) vai utilizar o repasse para o restabelecimento da trafegabilidade na cidade e Acaiaca (R$ 342,1 mil) para serviços em uma ponte de concreto. Já em Piripiri (PI), os R$ 150 mil serão destinados para restaurar uma passagem e ruas danificadas pelas chuvas.

O órgão federal explicou que, para receber auxílio emergencial do MDR, estados e municípios atingidos por desastres naturais precisam obter o reconhecimento federal de situação de emergência ou de estado de calamidade pública, deferido pelo governo federal.

Além disso, é necessário atender aos critérios exigidos pela Instrução Normativa n. 2/2016. As prefeituras e governos devem apresentar o diagnóstico dos danos e um plano de trabalho para a execução das ações.

O apoio emergencial por meio do MDR é complementar à atuação dos governos estaduais e municipais. O auxílio pode ser solicitado sempre que necessário – inclusive em situações recorrentes, como é o caso de desastres ocasionados por seca ou chuvas intensas. Fonte: G1/Bahia

Deputados aprovam estado de calamidade pública, em mais 86 cidades baianas

Foto: Agência ALBA | Divulgação

Mais 86 municípios baianos tiveram o estado de calamidade pública reconhecido pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Os decretos foram aprovados pelos deputados em sessão virtual realizada na tarde desta terça-feira, 14. Na ocasião, os parlamentares também aprovaram o projeto de lei do Executivo que prevê a criação de um vale alimentação para estudantes da rede estadual de ensino durante o período da pandemia do coronavírus.

Com a votação desta terça, chega a 267 o total de municípios com estado de calamidade reconhecido pelo Legislativo estadual. O número representa 64,02% das 417 cidades baianas.

O reconhecimento do decreto municipal permite que prefeitos flexibilizem o orçamento, podendo direcionar recursos de outras áreas para o combate ao coronavírus.

Tiveram o estado de calamidade reconhecido na sessão desta tarde:

Boa Vista do Tupim, Brumado, Coração de Maria, Lençóis, Mirante, Macururé, Arataca, Varzedo, Serra Dourada, Cravolândia, Água Fria, Belmonte, Cabaceiras do Paraguaçu, Chorrochó, Cordeiros, Crisópolis, Dário Meira, Gandu, Ibotirama, Ituberá, Marcionílio Souza, Mirangaba, Nazaré, Nova Itarana, Nova Redenção, Piraí do Norte, Planaltino, Porto Seguro, Presidente Dutra, Santo Amaro, Sapeaçu, Tanque Novo, Teofilândia, Teolândia, Ubatã, Várzea do Poço, Piatã, Acajutiba, Anguera, Araçás, Aracatu, Banzaê, Barra da Estiva, Barra do Choça, Biritinga, Bom Jesus da Serra, Caetanos, Cairu, Camacã, Camamu, Cardeal da Silva, Correntina, Entre Rios, Guanambi, Ipecaetá, Ipupiara, Itagimirim, Itamari, Itaquara, Itiruçu, Itiúba, Jacaraci, Jacobina, João Dourado, Juazeiro, Jussiape, Lajedo do Tabocal, Luís Eduardo Magalhães, Maetinga, Maiquinique, Maragogipe, Mata de São João, Milagres, Mucugê, Nilo Peçanha, Paripiranga, Pintadas, Santa Cruz da Vitória, São Felipe, Serra Preta, Serrolândia, Souto Sores, Valença, Brejões, Contendas do Sincorá e Rodelas.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia