WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 




(71) 98769-3230

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Polícia da Cipe Litoral Norte encontra maconha enterrada em sacos de linhagem

Foto: Divulgação SSP

Dez sacos de linhagem contendo maconha, quatro tabletes de cocaína e uma balança foram apreendidas neste domingo (12), após policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Litoral Norte) receberem uma denúncia anônima que no Assentamento São Francisco no município de Esplanada teria um esconderijo para as drogas.

“Quando chegamos o criminoso dono da droga conseguiu fugir por um matagal, seguimos no município em busca dele. As drogas foram encontradas enterradas”, relatou o comandante da Cipe Litoral Norte, major Cis Bahiense. O material apreendido foi apresentado na sede da 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de Alagoinhas.

Fonte: Ascom/Natália Verena/SSP

Conceição da Feira: Três pessoas da mesma família morrem em acidente na BR-101

Foto: Reprodução/TV Bahia

Três pessoas da mesma família vieram a óbito em um acidente que envolveu um caminhão baú e um carro de passeio no final da tarde deste domingo (12) em um trecho da BR-101 de Conceição da Feira, Portal do Sertão. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas estavam no carro de passeio. Testemunhas contaram que um terceiro carro teria forçado uma ultrapassagem.

 

Para evitar a batida, o veículo de passeio acabou invadindo a pista contrária, colidindo de frente com o caminhão. De acordo com a TV Bahia, o motorista do terceiro veículo, que não foi atingido pelo acidente, não prestou socorro às vítimas. No impacto da batida, parte do carro ficou debaixo do caminhão e os veículos pegaram fogo. O carro e a cabine do veículo de carga ficaram destruídos. O motorista do caminhão conseguiu sair antes de as chamas se alastrarem. (Bahia Notícias)

Carnaval só acontecerá se houver ‘ambiente de total segurança’, diz Neto

O prefeito ACM Neto falou nesta segunda-feira (13) sobre o possível adiamento do Carnaval 2021, por conta da pandemia de covid-19. Segundo Neto, nada está cravado e ainda é cedo para tomar alguma decisão. Ele disse que sua equipe trabalha com o prazo de novembro para avaliar o que será feito. “O Carnaval só ocorrerá se puder acontecer em ambiente de total segurança”, ressaltou o prefeito, que participou da inauguração de uma via.

“Hoje é impossível ter uma ideia se ocorrerá ou não o Carnaval em fevereiro do próximo ano”, afirmou, lembrando que a decisão ainda caberá à sua gestão, já que a festa exige um planejamento antecipado. “É impossível dizer se teremos segurança para a realização do Carnaval em fevereiro ou não. Nosso prazo é o mês de novembro. Não é uma decisão que tem que se tomar hoje”, destacou.

De acordo com o prefeito, a festa só vai acontecer no período tradicional caso já exista uma vacina ou uma “clareza em relação à imunidade coletiva” até novembro. “Caso cheguemos ao mês de novembro sem segurança plena para realizar o Carnaval em fevereiro, é claro que ninguém vai autorizar”, diz.

Diante do cenário de que em fevereiro não haja segurança para uma festa do porte do Carnaval, Neto considera que o adiamento é, sim, uma boa alternativa. “Avaliarmos a possibilidade do Carnaval acontecer entre o final do mês de maio e início do mês de junho, sem que conflite com o calendário junino. A gente sabe que os festejos do São João são muito importantes para o Nordeste, principalmente pro interior. Também não acho que seja justo o Carnaval prejudicar o São João, que esse ano já não tivemos. Ideal seria buscar um calendário em 2021, quem sabe até identificando feriados que podem ser utilizados, pela data propriamente ou pela antecipação de feriados. E aí organizar o calendário para o Carnaval”, explica.

Ele diz que se isso acontecer, vai propor que haja um movimento comum com outras cidades que realizam Carnavais de destaque no Brasil. “Procurarei o prefeito do Rio de Janeiro, de São Paulo e de outras cidades para ver se é possível a gente construir um adiamento do Carnaval conjuntamente, caso isso seja necessário”.

O prefeito diz que é cedo para “alimentar especulações”, mas assumiu que é o mais provável de acontecer é que não haja condições para a folia em fevereiro. “Da mesma forma que não quero gerar polêmica, tenho que ser claro. O mais provável é que até novembro não tenhamos uma vacina acesssível a todos, que não tenhamos uma confirmação de imunização coletiva e que essa decisão tenha que ser tomada. É o mais provável. Agora, quem sabe? Quem sabe acontece alguma coisa que surpreende positivamente a todos e que mude esse cenário?”, questiona.

Neto lembrou também que além da importância cultural, o Carnaval também tem um grande peso econômico para Salvador.

Outras festas
Sobre o Festival da Virada, que acontece no Réveillon, Neto afirmou que se trata de uma festa “muito mais simples”, mas que isso deve ser decidido também até novembro. Já o Festival da Primavera, que acontece em todo setembro, nem sequer é cogitado para esse ano.

“Algumas coisas estão claras. Por exemplo, setembro tem Festival da Primavera todo ano em Salvador, esse ano não vai acontecer, a gente nem considera mais essa hipótese. E muito provavelmente boa parte do calendário de eventos do segundo semestre da nossa capital estará comprometido. A gente nem tem cabeça nesse momento para estar analisando se vai ter Festival da Virada, da Primavera… Não há nenhuma perspectiva de autorizarmos a realização de eventos em Salvador”, afirmou.

No evento, Neto afirmou que acredita que até segunda-feira (20) a cidade deve chegar à taxa de ocupação de UTIs para covid-19 que permitirá abertura dos comércios na fase 1 do plano de retomada de Salvador. É preciso que esse número fique em 75% por cinco dias para dar início. “Nosso horizonte agora é esse, não é estar pensando o que vai acontecer na virada do ano, no Carnaval..”.

Fonte: Correio24hrs*

Castro Alves: Toque de recolher segue até a próxima segunda-feira (13), como medida de combate à Covid-19

Fotos: Leandro Alves / Bahia10.com.br

Como estava previsto, foi iniciada a Operação Toque de Recolher, às 18h no neste último sábado (11), e segue até a próxima segunda-feira (13), em Castro Alves, no recôncavo baiano, decretou toque de recolhe. O prefeito Thiancle Araújo foi até a Prefeitura, para acompanhar a saída do grupo, que reúne equipes de fiscalização da Prefeitura e da Polícia Militar, que percorreu localidades do município para garantir o cumprimento do decreto municipal.

O prefeito Thiancle Araújo fez um pedido especial para a população, “nesse momento é importante estarmos unidos para combater o vírus, a Covid-19, para evitar a contaminação. Agradeço a todos os envolvidos nessa ação que é realizada para proteger a nossa população”.

Durante o primeiro dia de toque de recolher em Castro Alves, 11 pessoas foram notificadas e dois bares foram fechados e multados, por venderem bebida a consumidores dentro dos estabelecimentos. A equipe de vigilância realizou operação de fiscalização, com apoio da Polícia Militar. Algumas pessoas estavam na porta de suas casas, e foram orientadas a entrar, para respeitar as determinações do decreto n°52. Três pessoas foram levadas para suas casas em um ônibus da prefeitura.

Já no segundo dia de operação de fiscalização,

06 pessoas foram conduzidas para suas casas no ônibus da prefeitura, 02 motos foram apreendidas, e houve a aplicação de

08 multas.

A operação de fiscalização será realizada ainda na noite desta segunda-feira (13), último dia de toque de recolher na cidade.

A prefeitura de Castro Alves reitera a população a necessidade do cumprimento do isolamento social, para frear a disseminação do Coronavírus.

A Polícia Militar, através do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), e da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), está reforçando o policiamento nas ruas da cidade.

SSP realiza reprodução simulada de operação contra miliciano

Foto: Alberto Maraux / SSP-BA

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia, através das polícias Civil e Técnica, inicia nas primeiras horas deste domingo (12), a reprodução simulada da operação realizada para o cumprimento da prisão do miliciano Adriano Nóbrega. As equipes envolvidas no confronto que terminou com a morte do acusado vão refazer todo o percurso, ocorrido no dia 9 de fevereiro, deste ano, na cidade de Esplanada.

Solicitada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), a reprodução simulada é coordenada pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os peritos criminais e técnicos analisarão as informações dos depoimentos e repetirão os movimentos, nos locais onde eles ocorreram. Cerca de 50 policiais participam da reprodução simulada.

Fonte: Acom/Alberto Maraux



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia