WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 




(71) 98769-3230

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Médico que atendeu em Itatim testa positivo para a Covid-19

Foto: Bahia10.com.br

Médico que atendeu em Itatim testa positivo para Covid-19. Segundo o Criativa Online, a informações foi divulgada pelo prefeito Tingão, nesta terça-feira (14), numa live nas redes sociais. Conforme o prefeito, o médico que não teve a identidade revelada, optou por fazer o exame em Feira de Santana, cidade onde reside. Sendo assim, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) não contabiliza este caso para Itatim.

Governo recorre de decisão do STF que dá a estados e municípios poderes para decretar regras de isolamento

Foto: Divulgação

A Advocacia-Geral da União (AGU ) recorreu da decisão do ministro Alexandre de Moraes , do Supremo Tribunal Federal ( STF ), segundo a qual estados emunicípios têm poderes para decretarmedidas restritivas durante apandemia – entre elas, o isolamento social, a quarentena, a suspensão de atividades de ensino, as restrições de comercio, atividades culturais e à circulação de pessoas -, mesmo que o governo federal tome depois medida em sentido contrário. A AGU explica que estados, municípios e a União têm poderes para tratar de saúde pública. Mas alega que o governo federal deveria definir uma política nacional de isolamento, a ser seguida pelos outros entes da federação.

Fonte: O Globo

Bebida alcóolica deve ser restringida durante quarentena, afirma OMS

Foto: Divulgação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) acredita que os governos deveriam limitar a venda de bebidas alcoólicas durante a pandemia do novo coronavírus. De acordo com a entidade, o álcool reduz a imunidade e o consumo excessivo na quarentena pode prejudicar a saúde física e mental. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

A seção europeia da OMS também disse que as bebidas não protegem contra a Covid-19. Recentemente, o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, recomendou vodka.

“Medo e desinformação geraram um mito perigoso de que bebidas com alto teor alcóolico podem matar o coronavírus. Não matam”, afirma o comunicado da OMS.

Ainda de acordo com a entidade, as bebidas, ao reduzirem a imunidade, podem elevar os riscos de doenças em geral. “Por isso, as pessoas devem minimizar o consumo de álcool particularmente durante a pandemia”. A OMS também diz que regulações já existentes, como idade mínima e proibição de publicidade, deveriam ser elevadas e reforçadas durante a pandemia.

Governo prorroga suspensão de aulas na Bahia

Foto: Paula Fróes/ GOVBA

O Governo do Estado anunciou na manhã desta quarta-feira (15) a prorrogação da suspensão das aulas em toda Bahia até o dia 3 de maio.

A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado, que altera o Decreto n° 19.586, criado para conter a disseminação do novo coronavírus no Estado.

Além da suspensão das aulas, a medida engloba a suspensão de eventos e atividades coma presença de público superior a 50 pessoas e a abertura e funcionamento de zoológicos, museus e teatros, além da proibição da realização de jogos de futebol profissionais e amadores.

Juiz determina que governo e prefeitura garantam EPIs para enfermeiros e afastem grupos de risco

Foto: Leonardo Rattes/Ascom Sesab

A Justiça do Trabalho da Bahia determinou que o Estado e o município de Salvador forneçam, num prazo de até dez dias, os chamados EPIs (equipamentos de proteção individual e coletivo) aos profissionais de enfermaria que atuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus.

A decisão em tutela de urgência é do juiz Sérgio Ferreira de Lima, da 31ª Vara do Trabalho da capital, em ação civil coletiva movida pelo Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Bahia.

De acordo com o magistrado, a determinação é extensiva aos hospitais ligados ao Sindifiba (Sindicato das Santas Casas e Entidades Filantrópicas do Estado da Bahia) e ao Sindosbha (Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado da Bahia.

Além de afastar os profissionais em situação de risco enquanto durar a pandemia, o magistrado também manda que as unidades forneçam álcool em gel, gorro, óculos de proteção ou protetor facial, máscara cirúrgica, avental e luvas de procedimento, todos com as especificações técnicas enumeradas na NR 32.

Em seu despacho, Lima afirma ainda que devem ser afastados dos seus postos de trabalho as enfermeiras gestantes ou lactantes, os hipertensos, cardíacos, asmáticos, doentes renais e com deficiência respiratória, bem como os idosos (grupos de risco). Nesses casos, será necessária a apresentação de parecer circunstanciado de especialistas de saúde sobre tais condições, a fim de evitar possível impacto no atendimento à população com esvaziamento de profissionais das unidades hospitalares. Em caso de descumprimento da ordem judicial, foi estabelecida multa diária de R$ 1.000,00.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia