WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Entretenimento’

Possibilidade de cancelamento do carnaval afetaria cadeia produtiva e provocaria impacto bilionário de receita gerada com turismo

Artistas, blocos e camarotes que ajudam a fazer o carnaval de Salvador estão apreensivos com a possibilidade de não realização da festa em 2021 por causa da pandemia do coronavírus.

O alerta já foi feito tanto pelo governador Rui Costa quanto pelo prefeito ACM Neto em entrevistas recentes. Nos bastidores, os setores que organizam o carnaval da capital baiana dão como certo de que a festa não poderá ser realizada.

O Camarote Salvador, por exemplo, um dos mais famosos e luxuosos do circuito de Ondina, já divulgou a política de cancelamento e devolução dos pacotes comprados, apesar das vendas ainda estarem disponíveis.

Em entrevista ao G1, Reinaldo Santos, que é vice-presidente do Conselho Municipal do Carnaval e Outras Festas Populares (Comcar), afirmou que dificilmente a festa vai acontecer.

“O que a gente está vendo é que o problema da pandemia não vai permitir a execução do carnaval. É a mesma posição de Rio de Janeiro, São Paulo e os estados que fazem o carnaval mais ativamente, como aqui”, disse.

O Comcar é o colegiado instituído por lei para regular o carnaval e outras festas populares em Salvador.

Sem o carnaval, mais de R$ 1 bilhão deve deixar de circular em Salvador, se comparado com os números que a festa gerou em 2020. [Sabia mais no G1]

Cantora gospel Fabiana Anastácio morre aos 45 anos por complicações de Covid-19

Foto: reprodução / Instagram

Fabiana Anastácio, cantora gospel de 45 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (4), vítima de complicações por conta da Covid-19. A notícia foi confirmada na página oficial dela. A artista é conhecida pelo louvor “Adorarei”, tendo mais de 68 milhões de visualizações no YouTube.

“Deus decidiu levar, nossa (Fabiana Anastacio Nascimento) para os seus braços. Obrigado a todos pelas orações, ao longo do dia será postado mais informações. Te Adorarei, te adorarei, quando chegar aí no Céu te adorarei”, dizia o texto compartilhado na página no Facebook de Fabiana Anastácio.

A cantora apresentou os sintomas da doença na última semana e precisou ser intenada. Ela estava na UTI e, segundo nota da gravadora Todah Music, tendo dificuldade de respirar. Nesta quinta-feira, ela não resistiu e acabou falecendo.

O perfil da cantora no Instagram também informou sobre a morte de Fabiana. Nos comentários, fãs deixaram mensagens: “Uma perda lamentável”, “Que Jesus console a família”, “Meus sentimentos”, entre outros. (Confira no Instagram Oficial)

Governador da Bahia admite que não será possível realizar o Carnaval em 2021

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), admitiu nesta quinta-feira (4) que não vê possibilidade de realizar o Carnaval em 2021. Segundo ele, nenhum evento de massa deverá ser autorizado enquanto o novo coronavírus não for contido.

“Não dá para imagina show com 50 mil, 30 mil pessoas, como a gente costuma ver. Não é possível o poder público autorize isso. Não acho que, em nenhum lugar do mundo, será autorizado. Não vejo como autorizar evento de massa com o vírus circulando. A não ser que a gente queira que mais cinco mil, dez mil pessoas morram para a gente fazer uma festa de Carnaval”, disse, em entrevista ao Valor Econômico, por videoconferência.

Em sua análise, devido falta de articulação do governo federal com Estados e Municípios, o vírus ainda deve circular ao longo de todo o ano no país, sobretudo porque o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), não tem se empenhado para fazer parcerias com outros países para ajudar na produção da vacina.

“Se a imagem do Brasil, desde 2015, 2016, já não vinha boa, piorou demasiadamente. A imagem do Brasil não está no chão, está no subsolo, e o Brasil tem feito pouco esforço para sair dele”, afirmou.

Devinho Novaes é indiciado por lesão corporal em caso contra ex-namorada

Foto: Arquivo Pessoal/Instagram

O cantor Devinho Novaes foi indiciado pela Polícia Civil por lesão corporal, difamação, injúria e dano, no caso de violência doméstica contra a blogueira Luzia Lima, sua ex-namorada.

Em nota, a Polícia Civíl afirmou que o caso foi remetido à Justiça de Nossa Senhora da Glória (SE), local onde a denúncia foi feita.

“Em razão de não mais se permitir condução coercitiva de investigado em procedimentos investigativos criminais, o inquérito policial, com as provas reunidas, foi concluído com o indiciamento do cantor e remetido à Justiça”.

Devinho não compareceu à delegacia, mesmo sendo intimado.

O episódio de agressão aconteceu em fevereiro deste ano. Luzia prestou um Boletim de Ocorrência, no Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) de Nossa Senhora da Glória.

Além de Luzia, outra ex-namorada do sergipano também já havia feito a denuncia de agressão em junho de 2019, que resultou no cancelamento de diversos shows que seriam feitos por ele no São João.

MC Livinho é acusado de assédio e racismo por modelo

Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

O cantor MC Livinho, foi acusado de racismo e assédio pela dançarina Raielle Leon, mais conhecida como Ray. A jovem, que também é modelo, contou que o episódio aconteceu há cerca de 3 anos, quando ela participou de um clipe de MC Livinho, Rodriguinho e Gaab.

Segundo o relato, Livinho, conhecido por sua parceria com Ivete Sangalo na música ‘Cheguei Pra Te Amar’, teria feito brincadeiras que deixaram a modelo desconfortável antes de começar a ser racista. Ray conta que tinham 10 meninas brancas e 9 negras para participar da produção, mas ela teria sido a única que Livinho pegou no pé.

“Ele passou o clipe inteiro me olhando torto. […] Não sei o que passou na cabeça dele, porque não tem como saber o que passa na cabeça de uma pessoa racista, idiota, escrota. Ele começou a fazer dancinhas obscenas, virado pro meu lado, pegando no saco, como se estivesse sarrando. E fiquei incomodada ali naquele momento”, disse.

Além das danças obscenas, Ray fala que ele fez piada com o cabelo dela. “Pra confirmar meu incômodo, ele tirou o celular do bolso dele, colocou no meu cabelo, puxou e falou: ‘você roubou meu celular, cabelo!’. Eu já incomodada, tirei a mão dele. Quebrou o meu encanto pelo artista. Todo mundo que estava por perto riu. Maioria começou a rir”, conta ela afirmando que ele chegou a fazer a brincadeira outras vezes, mesmo após ela pedir para parar.

Livinho ainda teria tentado pular na piscina com ela para ver se o cabelo molhava. Ray diz que não recebeu nenhuma desculpa de Livinho pelo acontecido e que ele ainda teria xingado ela pela situação.

Em sua defesa, o MC fez uma live para explicar o que aconteceu e afirmou que Ray não aceitou seu pedido de desculpas.

“Vacilão é o caralho. Eu sou homem e arco com as minhas responsabilidades. Para meus fãs, está aí eu me retratando e pedindo para vocês terem compressão e entenderem o que aconteceu. Querem dar fama para a mina? Dá fama para a mina. Pensa: uma briga que aconteceu em 2017, você pediu desculpas. Muita mancada. Eu relevo muitas situações, mas quando chega a um ponto extremo de preconceito, de racismo, eu não consigo. As desculpas foram pedidas no dia. Fui pedir desculpa, pedir perdão. Eu já pedi desculpa no primeiro momento. Teve a brincadeira, sim, me retratei na hora, ela não aceitou. Não falei nada além. Ela está levantando coisas sobre mim que eu não falei, me transformando numa pessoa que eu não sou. Não sou culpado, me retratei”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia