WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘Destaque3’

Mil voluntários participam de teste de vacina contra coronavírus em Salvador

Foto: Reprodução

Mil funcionários que atuam na Rede D’Or São Luiz vão participar de testes da vacina contra a Covid-19 em Salvador. Dos voluntários, 500 vão receber doses reais da vacina e os outros 500 vão receber uma placebo, mas nenhum grupo saberá qual dose tomou.

A vacina é produzida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra. Em Salvador, a Rede D’Or é responsável pelo Hospital São Rafael e atualmente também pelo Hospital Aliança.

O profissional de saúde com interesse em participar do teste deve ter entre 18 e 55 anos, não ter sido contaminado com o coronavírus e nem tenha risco aumentado de infecção. Antes da aplicação da vacina, o voluntário será testado para saber se tem ou já teve Covid-19.

Fonte: VN

Cachoeira: Prefeitura distribuirá Ivermectina e Azitromicina para pacientes sintomáticos

Foto: Reprodução/Facebook

A Prefeitura Municipal de Cachoeira, Recôncavo Baiano, anunciou nesta quarta-feira (8), através das redes sociais, que distribuirá kits de medicações como a Ivermectina e a Azitromicina para pacientes sintomáticos que forem notificados para realização da coleta de exame. De acordo com a gestão, esses medicamentos podem ajudar na prevenção da Covid-19.

A Prefeitura informa ainda que um assistente social entrará em contato com as pessoas infectadas ou com suspeitas de Covid-19 para auxiliar no atendimento. Se apresentar sintomas de Coronavírus, como tosse, febre, dor de garganta, coriza, dificuldade respiratória, dentre outros, o paciente deve procurar a Unidade de Saúde da Família mais próxima de casa, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h. E, fora desses dias e horários, deve mandar mensagem para o WhatsApp da Secretaria de Saúde: (75) 99894-8047. Ainda não há comprovação científica sobre a eficácia do remédio no tratamento da covid-19 em seres humanos.

Tierry lança CD promo com repertório atualizado

Foto: Divulgação

O cantor e compositor Tierry não para de produzir! Mesmo ainda colhendo os frutos do CD autoral “Acertou na Mosca”, que trouxe hits como Cracudo e Hakearam-me – que seguem no topo das paradas – o artista aproveitou a quarentena para seguir compondo e gravando; e acaba de lançar seu cd promo “Aô Saudade da Mãe dos Meninos”. E o disco, que traz um repertório super atualizado, já chegou causando burburinho! No site Sua Música, onde está hospedado em áudio, foram 100 mil interações (entre plays e downloads) antes de completar 17 horas de lançado. Já no YouTube, as faixas do disco somadas ultrapassaram 255 mil views no mesmo período. Para escutar o novo trabalho, basta acessar https://suamusica.com.br/tierryoficial/tierry-promo-atualizadao-junino-2020

Teste positivo de Bolsonaro é a narrativa perfeita para propaganda de remédio

Foto: Agência Brasil

Diante do comportamento inconsequente em aglomerações, era esperado que, em algum momento, o presidente Jair Bolsonaro fosse diagnosticado com Covid-19. O anúncio foi um resumo simbólico do governo: sem preparo algum e sem medir os impactos da situação. Bolsonaro fez uma coletiva restrita a veículos amigos e, mesmo usando máscaras, expôs os presentes ao risco de contrair o novo coronavírus. Nada fora do protocolo.

O teste positivo do presidente o coloca como garoto propaganda perfeito para a hidroxicloroquina. Como não há preocupação com evidências científicas para o uso do medicamento, a simples declaração de que Bolsonaro foi beneficiado pela substância vai justificar a corrida e a pressão para que o remédio seja prescrito pelos médicos. É sintomático que ele seja tratado pelo que pode ser um efeito placebo.

Infelizmente, o presidente se esforçou em negar, ao longo dos últimos meses, a gravidade da crise do novo coronavírus. A loteria da vida pode colocar a Covid-19 como uma “gripezinha” no caso de Bolsonaro e isso torna o potencial dessa contaminação ainda mais assustador. Se antes, com as sucessivas negativas da doença, o impacto da fala dele sobre a população era enorme, o estrago da versão “super-homem”, com uso da hidroxicloroquina, pode render efeitos ruins ainda maiores. Como sabemos, o chefe do Executivo nunca foi muito dado a medir os próprios atos.

Em um ambiente em que naturalizamos o absurdo, infelizmente não é surreal ver a quantidade de dúvidas levantadas após a afirmação de que o presidente contraiu o vírus. Bolsonaro criou um ambiente de incerteza e de descredibilização da presidência que, infelizmente, resultou nesse caldo de divisionismo político. É uma pena, porém é uma consequência direta da forma como ele lida com quem pensa diferente dele.

Após o diagnóstico, as lideranças políticas sensatas pediram que a confirmação da doença amenize a forma pouco responsável com que Bolsonaro lida com o coronavírus. Não dá para criar expectativa, até mesmo pela maneira como o presidente escolheu divulgar o resultado do exame. Bolsonaro e a hidroxicloroquina se merecem. Ambos podem ter efeito positivo ou negativo diante de uma doença. Pena que, a depender da dose, ambos podem matar. No caso da Covid-19, já foram mais de 66 mil pessoas que perderam a vida no Brasil nessa conta.

Fonte: Bahia Notícias

Fundador da Ricardo Eletro é preso em operação contra sonegação fiscal

O fundador e ex-principal acionista da rede varejista Ricardo Eletro, Ricardo Nunes, foi preso em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (8), em uma operação de combate à sonegação fiscal e lavagem de dinheiro em Minas Gerais. A força-tarefa é composta pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), pela Receita Estadual e pela Polícia Civil. A informação é do portal G1.

A filha de Ricardo, Laura Nunes, e o irmão dele, Rodrigo Nunes também foram presos na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A operação recebeu o nome de “Direto com o Dono”. De acordo com as investigações, aproximadamente R$ 400 milhões em impostos foram sonegados ao longo de cinco anos.

A operação cumpre três mandados de prisão e 14 de busca e apreensão. Em Minas Gerais, os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Belo Horizonte, Contagem e Nova Lima. Em São Paulo, há alvos na capital e em Santo André.

Segundo o MPMG, as empresas da rede de varejo cobravam dos consumidores, embutido no preço dos produtos, o valor correspondente aos impostos, mas não faziam o repasse.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia