WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘Destaque3’

Baiana Tays Reis, do hit ‘Paredão Metralhadora’, estará em A Fazenda

(Divulgação)

A cantora baiana Tays Reis, ex-vocalista da banda Vingadora, é uma das participantes da próxima edição de A Fazenda. A informação é do colunista Flavio Ricco, do R7.

Tays, de 25 anos, ficou famosa com o sucesso Paredão Metralhadora. A cantora está em carreira solo desde setembro do ano passado.

Nascida em Ilhéus, Tays se formou em jornalismo mas depois resolveu seguir a vida de cantora. Em 2016, viveu o ponto alto de sua carreira artística até agora, com Paredão Metralhadora sendo escolhida a música do Carnaval.

Serão 20 participantes nesta edição do reality show da Record, que começa na semana que vem. Além de Tays, Jojo Todynho, Biel e Lucas Strabko, o Cartolouco, estão especulados na lista dos novos peões que irão disputar o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Relembre a música que transformou a carreira de Tays:

Fonte: Correio24hrs*

Governo enfrenta resistência no Congresso para reduzir auxílio emergencial

Foto: Ag. A TARDE

O Congresso Nacional demonstra que não será fácil reduzir o auxílio emergencial para R$ 300, como quer o Ministério da Economia. O plano do governo é reduzir o benefício ao prorrogá-lo para que a redução não ocorra apenas no lançamento do programa Renda Brasil, substituto do Bolsa Família.

“Se depender do meu voto, o valor é R$ 600”, disse o senador Eduardo Braga (MDB-AM), segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, líderes do governo no Congresso discutiram o assunto com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em reunião realizada no Palácio da Alvorada.

ACM Neto anuncia nesta terça (1º) criação de novos bairros em Salvador

Foto: Reproduçõesacm

O prefeito ACM Neto inicia nesta terça-feira (1º), às 9h30, a obra de construção da ponte sobre o Rio Camarajipe, na Ligação Iguatemi-Paralela, que vai permitir maior fluidez no tráfego em um dos pontos mais movimentados da cidade. A solenidade acontece em frente à Tend Tudo, na região da Avenida Tancredo Neves. Na mesma ocasião, o prefeito oficializa a criação de novos bairros em Salvador e fala sobre as medidas contra a covid-19, bem como a respeito da continuidade da fase três da retomada das atividades.

Oito localidades podem virar bairro em Salvador
O prefeito ACM Neto já afirmou que pretende aprovar a soliciação para que o Horto Florestal se separe de Brotas, para se tornar um novo bairro. Outras sete localidades podem seguir o mesmo caminho, mas ainda não se sabe quais destes locais podem mudar de status.

Na Lei de Bairros de Salvador, Alto do Cruzeiro, Chame-Chame, Colinas de Periperi, Dois de Julho, Horto Florestal, Ilha Amarela, Mirantes de Periperi e Vista Alegre poderão ser apontados com bairros desde que cumpram os requisitos para isso. A determinação é fruto de uma emenda de autoria do ex-vereador e atual deputado estadual Tiago Correia (PSDB). Com a aprovação da legislação, em 2017, começaram os estudos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) para analisar quais destas localidades poderiam ser oficializadas.

“Nem todos os bairros serão aprovados, mas grande parte das indicações deverão ser aceitas pelo prefeito”, indicou o secretário da pasta, Sergio Guanabara, que ainda explicou a demora no procedimento de análise: “não tivemos que analisar apenas os 8 indicados, mas todos os 163 bairros já que essa decisão tem um impacto na vida das pessoas tanto do ponto de vista prático e burocrático, como para a entrega das cartas, e também devido ao sentimento de pertencimento dos moradores”.

De acordo com a professora da escola de administração da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Bete Santos, que é coordenadora do projeto Caminho das Águas em Salvador, que baseou a proposta de divisão do território de Salvador, o trabalho de criação de um novo bairro que deseja se manter baseado no estudo realizado por ela deve se atentar às características do local.

“Acho a questão do Horto um estudo interessante, mas para se manter no espírito do estudo e fazer um trabalho legítimo, é preciso consultar as populações do Horto e de Brotas. O trabalho que nós realizamos tem um tempo e cabe a prefeitura fazer o acompanhamento e a atualização da delimitação. A cidade se transforma e novos territórios se constituem e outros mudam de perfil”, explicou.

O caso do 2 de Julho é um que, na visão da professora Bete Santos, se configura como uma demanda legítima. “O território não se reivindicava como bairro, mas com o passar do tempo, as lideranças e as forças locais defenderam que o 2 de julho tem identidade própria e atende aos requisitos para ser um bairro. Tem pertencimento, infraestrutura urbana, capacidade de atração, identidade e complexidade do que chamamos de bairro”, disse a professora.

Critérios
O sentimento de pertencimento é uma das características de determinam se um local é mesmo um bairro ou não, explica a professora Bete Santos.

O projeto Caminho das Águas em Salvador indica que um bairro é “uma unidade territorial com dimensão e consolidação histórica que incorpora a noção de pertencimento das comunidades que o constituem, utilizam os mesmos espaços comunitários, mantêm relações de vizinhança e reconhecem seus limites pelo menos nome”. Ou seja, o povo deve se sentir residente daquele local, mas isso não é o bastante para que toda localidade reconhecida pelos moradores seja um bairro, ainda deve ser avaliada a escala territorial e a complexidade do local.

“Para além do pertencimento e da dimensão histórica, a gente também levou em conta a existência de barreiras físicas e naturais, barreiras impostas pelo processo de urbanização e acesso a infraestrutura e serviços de consumo coletivo. Fizemos perguntas como: existe uma malha viária para acessibilidade interna? Existe um fluxo de transporte para que o território seja percorrido? Aquelas delimitações levam em conta o pertencimento, a existência de equipamentos públicos e a capacidade de atração e polarização”, explicou a professora.

A prefeitura também utiliza critérios para determinar o que é um bairro na capital. Para ser oficializado, o local deve possuir identidade, pertencimento e o reconhecimento do território, além de cumprir, pelo menos, três dos seguintes itens: a existência de um unidade escolar de ensino fundamental das redes pública ou privada, ou de natureza comunitária; a existência de unidade de saúde de atendimento geral ou especializado que preste serviço à comunidade; a existência de logradouro público hierarquizado, como via coletora ou superior, ou não hierarquizado, mas que desempenhe função equivalente e estruture a mobilidade no território, permitindo a circulação de veículos de grande porte e prestação de serviços; e a oferta de transporte público regulamentado, para atendimento da população.

Antes de permitir a criação de um novo bairro, então, é necessário verificar se uma localidade possuía os critérios determinantes para isso. Era o que a Sedur vinha fazendo desde 2017 nestas oito localidades.

“São estudos elaborados, que devem observar as poligonais de um novo bairro, por exemplo. Devem ser observados os critérios definidos pela lei para a existência dos bairros tanto no que vai ser criado quanto no bairro original para que todos possuam o que é determinado. O local deve possuir no mínimo três dos itens necessários para ser um bairro”, explicou Guanabara.

Fonte: Correio24hrs*

Gov. Mangabeira: suspeitos de sequestrar empresário são presos pela PRF na BR-101

Foto: Divulgação/Agência PRF

Quatro suspeitos de participação no sequestro de um empresário de 31 anos foram presos na tarde de ontem, 29, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no KM-204, da BR-101, trecho que pertence ao município de Governador Mangabeira, Recôncavo Baiano. Após as prisões, a vítima que não teve o nome divulgado foi resgatada pelos agentes e já se encontra com a família.

De acordo com ás informações do site Forte na Notícia, Com os sequestradores, os patrulheiros da PRF conseguiram apreender uma pistola ponto 40 e outra 380, além de duas caminhonetes Ford Ranger, munições, celulares e cerca de R$900,00 em espécie. Os suspeitos e o material apreendido foram apresentados no Plantão Central da Delegacia de Polícia de Cruz das Almas.

Câmara agenda votação do projeto de lei do novo gás para terça-feira

A Câmara dos Deputados pode votar na terça-feira (1º) o projeto de lei do novo marco regulatório do setor de gás natural (PL 6407/13). O texto prevê autorização, em vez de concessão, para o transporte de gás natural e estocagem em jazidas esgotadas de petróleo. Assuntos relacionados ao combate ao novo coronavírus e aos efeitos da Covid-19 também estão na pauta.

O relator do projeto, deputado Laercio Oliveira (PP-SE), vai recomendar a aprovação em Plenário do texto substitutivo elaborado pelo deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), que foi aprovado na Comissão de Minas e Energia em outubro do ano passado.De acordo com o substitutivo, a outorga dessa autorização para a construção ou ampliação de gasodutos deverá ocorrer após chamada pública a ser realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Antes de analisarem o marco legal do gás natural, os deputados poderão votar o projeto que dobra as penas de vários tipos de crimes ligados ao desvio de recursos relacionados ao estado de calamidade pública do coronavírus (PL 1485/20). A proposição é da deputada Adriana Ventura (Novo-SP) e outros.

Outro item pautado é o Projeto de Lei 2529/20, da deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) e outros. O PL autoriza a utilização de veículos de transporte escolar para profissionais da saúde e de pessoas que necessitarem de atendimento médico na pandemia.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia