O número de mortes por dengue chegou a 23 nesta segunda-feira (1), com o primeiro registro no município de Cariranha, no Oeste Baiano. A Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que reúne gestores municipais e estaduais de saúde, autorizou em reunião a redistribuição de vacinas com o prazo de validade até o dia 30 de abril.

As cidades do estado que registraram óbitos pela doença foram: Vitória da Conquista (5), Jacaraci (4), Piripá (3), Santo Antônio de Jesus (2), Barra do Choça (1), Caetité (1), Campo Formoso (1), Feira de Santana (1), Ibiassucê (1), Irecê (1), Juazeiro (1), Carinhanha (1) e Santo Estêvão (1).

Cerca de 15 mil doses do imunizante serão encaminhadas de municípios que já estavam realizando a vacinação para as cidades de Vitória da Conquista, Serrinha, Jacaraci, Caetité, Barra do Choça, Teixeira de Freitas, Morro do Chapéu, Piripá, Macaúbas e Bonito, a qual foram os selecionados para receber as doses remanejadas.

Segundo a diretora da Vigilância Epidemiológica do Estado, Márcia São Pedro, a orientação para redistribuição das vacinas veio do Ministério da Saúde, visando o não desperdício de vacinas. “O público para a vacinação permanece o mesmo, de 10 a 14 anos. É muito importante que os pais se conscientizem da necessidade da vacinação e levem os seus filhos aos postos”, informa.

A redistribuição será iniciada nesta segunda-feira (1), em responsabilidade da Secretaria da Saúde do Estado. A Secretária de Saúde do Estado, Roberta Santana, ressaltou que os municípios que se comprometeram a receber as doses devem trabalhar para que todas as doses sejam usadas.