WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: 5/set/2020 . 21:01

Mil pessoas protestam em Roma contra máscaras e vacinas

Foto: Vincenzo Pinto/AFP

Mil pessoas protestaram, neste sábado (5), no centro de Roma, capital da Itália, contra a obrigação de vacinar crianças em idade escolar ou usar máscara em meio à pandemia de coronavírus.

“Não à obrigação de vacinar, sim à liberdade de escolha”, “não às máscaras nas escolas, não ao distanciamento”, “a liberdade pessoal é inviolável” e “viva a liberdade”, eram alguns dos slogans nos cartazes.

A maioria dos participantes não usava máscara, confirmou a AFP.

Um deles carregava uma foto do Papa Francisco com a palavra Satã escrita, bem como o número 666, considerada um símbolo do diabo.

O chefe do governo italiano, Giuseppe Conte, havia expressado sua posição dias antes desta reunião de militantes antivacinas: “mais de 274.000 doentes e 35.000 mortos [pelo coronavírus]. Ponto final”.

Conte expressou sua esperança de que o outono não leve a um novo confinamento geral, mas apenas a “intervenções específicas” quando necessário. Fonte: G1/France Presse

Foto: Vincenzo Pinto/AFP

 

Gilberto Romano anuncia sua saída do programa Som de Papo

Foto: Reprodução

O apresentador Gilberto Romano anunciou na manhã deste sábado (05), que o Som de Papo a partir de novembro segue com novos apresentadores no comando.

Romano disse ao Bahia Alerta: que continua como colunista do Portal Som de Papo e que como ele é um dos donos do projeto decidiu deixar a função de apresentador para cuidar da Gestão do Som de Papo que atualmente engloba programa de TV, Portal de notícias e entretenimento; Rádio Web, além do programa da live.

As expectativas para sucessão de Romano giram em torno de Felipe Bandeira o qual apresenta o quadro Flashback e o cantor Marlisson Almeida. O programa continua com Romano até o fim de outubro sendo exibido em rede nacional pela Com Brasil Tv.

Sismógrafos já foram instalados para monitorar tremores de terra

Foto: Divulgação

Já foram instalada três estações sismográficas entre os municípios de São Miguel das Matas e Amargosa, no Recôncavo baiano e Território do Vale do Jiquiriçá, atingido pelos recentes tremores de terra na Bahia.

A equipe de sismólogos do Laboratório Sismológico – LabSis, que integra a #RSBR, instalou os sismógrafos nas localidades no Distrito de Corta Mão, na cidade de Amargosa e na Boa Vista, zona rural de Laje.

A Coordenadora de Prevenção da Sudec, Nicoly Lima, que está participando ativamente das ações, vem aplicando formulários para realizar um mapeamento de intensidade dos tremores e, juntamente com os técnicos da LabSis, visitando as áreas que foram mais afetadas pelos eventos sísmicos.

Uma pessoa morre e quatro ficam feridas após carro capotar

Foto: Giro Ipiaú / Divulgação

Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas após o carro onde estavam capotar na BR-330, na altura de Barra do Rocha, cidade a 376 km de Salvador, na tarde deste sábado (5). A informação foi confirmada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Jequié, que atende no trecho.

Não há detalhes sobre o que provocou o acidente. Informações iniciais apontam que o motorista do veículo perdeu a direção em uma curva.

Três dos feridos foram socorridos e levados para um hospital em Ipiaú, cidade do sul da Bahia. O quarto foi encaminhado para o Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, na região sudoeste. Não há informações sobre o estado de saúde deles. Via o G1, Ainda de acordo com a PRF, o quinto passageiro morreu no local. Não há detalhes sobre a identidade da pessoa. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região.

Fotos: Giro Ipiaú / Divulgação

Rui aciona PGR contra autorização da Força Nacional na Bahia: ‘Ameaça o pacto federativo’

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Em ofício encaminhado ao procurador-geral da República, Augusto Aras, nesta sexta-feira (4), o governador Rui Costa solicitou medidas cabíveis à Procuradoria Geral da República (PGR) a respeito da autorização dada pelo Governo Federal para o emprego da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) no território baiano à revelia de solicitação do Chefe do Poder Executivo estadual. De acordo com o governador, a medida adotada pela União “põe sob ameaça o pacto federativo, cláusula pétrea da Constituição Federal”.

Na quinta-feira (3), por meio de seu perfil oficial no Twitter, Rui Costa disse ter enviado ofício ao ministro da Justiça, André Luiz Almeida Mendonça, externando preocupação com a autorização do emprego da Força Nacional no Extremo Sul do Estado, fato que considerou “flagrante desrespeito à lei”. Para o governador, “tal conduta, já maculada pelo caráter invasivo e ilegal, é agravada pelo total desprezo às regras de convivência democrática”.

“A Força Nacional não pode ser utilizada para afrontar a competência estadual, nem substituir a atuação dos órgãos estaduais de segurança”, afirmou o governador, que autorizou a Procuradoria Geral do Estado (PGE) a ingressar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade.

A autorização para envio de tropas da FNSP à Bahia pelo período de 30 dias foi publicada em portaria federal de 1° de setembro de 2020, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em apoio ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, nos municípios baianos de Prado e Mucuri.

Leia abaixo a íntegra do ofício encaminhado à PGR:

Salvador/BA, 04 de setembro de 2020.

Exm° Sr. Procurador-Geral da República,

“Cumprimentando-o cordialmente, venho trazer a conhecimento desta honrada instituição, a edição da Portaria n° 493, de 1° de setembro de 2020, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública – FNSP, em apoio ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, nos Municípios baianos de Prado e Mucuri, “nas atividades imprescindíveis a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado, pelo período de 30 (trinta) dias, a contar de 3 de setembro de 2020 a 3 de outubro de 2020.

Registro que tal ato deu-se sem que houvesse solicitação pelo Estado da Bahia, e tem por objetivo o exercício de competência estadual atinente a segurança pública. Desarticulado, portanto, de uma ação cooperativa, que ensejou a formação da FNSP, põe sob ameaça o pacto federativo, clausula pétrea da Constituição Federal.

Tomando conhecimento da autorização do emprego da FNSP no território baiano à revelia de solicitação do Chefe do Poder Executivo, prontamente expedi Oficio ao Exmo. Sr. Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública, destacando a desconformidade da Portaria n° 493/2020 e do emprego da FNSP no Estado da Bahia sem que sequer se tenha dado conhecimento ao Ente Federado das razoes e fundamentos constantes do processo administrativo n° 08001.003191/2020-15, indicado na Portaria Ministerial. Ao ensejo, anexo ao presente a cópia integral da referida comunicação.

Nestes termos, considerando que a autorização constante da Portaria n° 493/2020, com o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em território baiano fora de seus limites legais pode configurar afronta a Constituição Federal, por violação ao pacto federativo, além de atrair possível enquadramento na conduta prevista no art. 6°, item 8, da Lei Federal n° 1.079, de 10 de abril de 1950, e mister apresentar tais fatos ao Ministério Público Federal, para conhecimento e adoção das providências atinentes ao exercício de sua competência constitucional.

Renovo, nesta oportunidade os protestos de elevada estima e consideração”.

Rui Costa
Governador da Bahia

Gusttavo Lima faz apelo a volta de shows no Brasil; “o setor pede socorro”

Foto: Reprodução

O sertanejo Gusttavo Lima utilizou as redes sociais na noite de sexta-feira (4/9) para pedir que o governo libere os shows durante a pandemia. Os eventos foram cancelados por conta das regras de distanciamento social da Organização Mundial de Saúde (OMS)

O cantor repostou uma publicação de Marcos Mioto, pai do também sertanejo Marcos Mioto, falando sobre as aglomerações causadas pelos shows e comparando com os engarrafamentos e saídas para lazer. Gusttavo Lima concordou e fez um comentário sobre o cenário econômico, dizendo que “o setor de entretenimento pede socorro”.

“Nosso segmento não pode mais ficar parado … São tantas famílias que dependem disso para ter o que comer em casa. Músicos, técnicos, cantores, seguranças, garçons”, enumerou.

Para o marido de Andressa Suita, é possível fazer com que as apresentações voltem a acontecer de maneira segura. “Somos capazes de tomar todas as providências cabíveis, para que os eventos voltem com toda segurança social e conforto para o nosso público”, prometeu.

Outros cantores sertanejos, como Cesar Menoti, da dupla com Fabiano, e Thiago Brava concordaram com “o embaixador”. Algumas outras pessoas, entretanto, chamaram a atenção do cantor para as normas que não estão sendo cumpridas em bares e podem ser ignoradas caso os shows retornem.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia