WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: 1/set/2020 . 22:17

Taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 em Salvador cai para 48%

Foto: Marcelo Chello/CJPress/Estadão Conteúdo

A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para pacientes com a Covid-19 em Salvador caiu para 48% nesta terça-feira (1º). Essa é a menor já registrada desde que o percentual começou a ser calculado, no início de maio.

Até a última segunda-feira (31), a taxa estava em 52%. Com a redução no percentual, a expectativa, conforme informou a prefeitura, é que haja ampliação da fase três da retomada das atividades econômicas. No entanto, ainda não há uma data definida para isso.

A ativação da 3ª fase engloba atividades coletivas, como clubes sociais, cinemas, teatros, parques, entre outros.

Para ampliar a fase três, de acordo com a gestão municipal, é preciso levar em consideração as medidas estabelecidas pelos comitês de Saúde da prefeitura de Salvador e do governo da Bahia. Para começar a etapa três, as exigências foram: taxa de ocupação dos leitos igual ou menor que 60%, por pelo menos cinco dias, e distância de 15 dias entre as fases 2 e 3 – ambos critérios já foram atingidos.

Apesar disso, a terceira fase foi adiada. Na ocasião, o prefeito ACM Neto explicou que a decisão de adiamento foi tomada em análise do momento, para que pudesse haver melhor avaliação de cenários.

Na semana passada, o prefeito anunciou o retorno das atividades esportivas em clubes de Salvador, previstas para esta fase. A flexibilização ocorreu na segunda. Com isso, os clubes sociais podem reabrir apenas para as práticas esportivas, individuais ou em dupla, com exceção daquelas que exijam contato físico, a exemplo de artes marciais e danças.

O funcionamento dever ser de segunda a sexta, das 6h às 18h, e sábado e domingo, das 6h às 14h. As aulas coletivas precisam ter o limite de dez alunos e garantir o distanciamento social.

A capacidade máxima simultânea de ocupação dos clubes será de 300 frequentadores ou uma pessoa a cada nove metros quadrados de área, o que for menor.

As aulas devem ter duração máxima de 50 minutos. O uso da piscina só será permitido para a prática de atividades físicas. Além disso, o protocolo geral, que vale para todas as atividades liberadas, precisa ser seguido, ou seja, o uso de máscara é obrigatório, bem como a higienização e limpeza de ambientes e superfícies.

Fonte: G1/Bahia

Prefeitura oficializa sete novos bairros em Salvador; confira lista

Foto: Rayllanna Lima/Bahia.ba

Chame-Chame, Colinas de Periperi, Dois de Julho, Horto Florestal, Ilha Amarela, Mirantes de Periperi e Vista Alegre são, agora, oficialmente, bairros de Salvador. O prefeito ACM Neto assinou um decreto nesta terça-feira (1º) que oficializa as localidades como novos bairros da capital baiana.

Durante evento de assinatura da ordem de serviço para construção da ponte sob o Rio Camarajipe, o prefeito explicou que, além dos critérios técnicos presentes na Lei 9.278/2017, instituída em 21 de setembro de 2017, também foi levada em consideração a dinâmica dos moradores.

“O bairro é uma divisão territorial com densidade histórica, dinâmica, que incorpora noções de identidade e isso foi algo muito respeitado pela prefeitura. Me parece que esse é um dos pontos mais importantes. A formação de um bairro passa muito pelo sentimento de pertencimento, e ele é muito distinto em cada região da cidade. A lei deve refletir o que a história, dinâmica da vida e as pessoas foram definindo na prática”, afirmou o prefeito.

Em 2017, foram definidos 160 bairros de Salvador, além das três Ilhas (Máre, Frades e Bom Jesus dos Passos). O artigo 7 da lei permitia a criação de novos bairros através da realização de estudos técnicos do poder executivo e de Ato Declaratório para regularização do estudo.

“Nós em 2017 aprovamos a nova lei definidora dos bairros de Salvador. Essa lei foi construída de um amplo debate na cidade, da análise de todos os elementos históricos e é claro da fotografia atual de Salvador. Ela veio no contexto de onde fortalecemos a atuação dos bairros, com uma descentralização da atuação da prefeitura, destacando a atuação das prefeituras-bairro”, destacou o prefeito.

Neto ainda destacou a diversidade de cada bairro da capital. “Salvador é uma cidade muito grande e até hoje eram 163 bairros, cada um com uma realidade muito distinta. Podemos dizer que temos 163 cidades dentro uma cidade, ou talvez mais, quando aprofundamos com olhar clínico, eles são diversos entre si”, disse.

Para ser bairro, uma localidade tem que ter:
1. Unidade escolar,
2. Unidade de saúde geral ou especializada
3. Logradouro público que permita a circulação de veículos de grande porte e prestação de serviço
4. Oferta de transporte público regulamentado.

Fonte: Correio24hrs*

Baiana Tays Reis, do hit ‘Paredão Metralhadora’, estará em A Fazenda

(Divulgação)

A cantora baiana Tays Reis, ex-vocalista da banda Vingadora, é uma das participantes da próxima edição de A Fazenda. A informação é do colunista Flavio Ricco, do R7.

Tays, de 25 anos, ficou famosa com o sucesso Paredão Metralhadora. A cantora está em carreira solo desde setembro do ano passado.

Nascida em Ilhéus, Tays se formou em jornalismo mas depois resolveu seguir a vida de cantora. Em 2016, viveu o ponto alto de sua carreira artística até agora, com Paredão Metralhadora sendo escolhida a música do Carnaval.

Serão 20 participantes nesta edição do reality show da Record, que começa na semana que vem. Além de Tays, Jojo Todynho, Biel e Lucas Strabko, o Cartolouco, estão especulados na lista dos novos peões que irão disputar o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Relembre a música que transformou a carreira de Tays:

Fonte: Correio24hrs*

Governo anuncia prorrogação do auxílio emergencial com valor de R$ 300

(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O pagamento do auxílio emergencial foi prorrogado por mais quatro meses, mas com o valor de R$ 300. A mudança no benefício foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (1º). “Agora resolvemos prorrogá-lo [o auxílio] por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. R$ 300 reais”, disse o presidente.

Bolsonaro explicou porque houve mudança no valor do benefício pago. “O valor como tínhamos dizendo, R$ 600 é muito para quem paga, no caso o Brasil. Podemos dizer que não é um valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades. Mas basicamente atende”, completou.

O auxílio está sendo pago pelo governo desde abril e tem como objetivo ajudar trabalhadores informais que foram afetados pela pandemia do coronavírus. Inicialmente, seria pago em três parcelas de R$ 600, e iria até julho.

Então, o auxílio foi prorrogado por mais dois meses com o mesmo valor. Nas últimas semanas, equipes do governo passaram a discutir as mudanças que seriam aplicadas no benefício.

Antes do anúncio da prorrogação, o presidente reuniu líderes do Congresso em um café da manhã. A iniciativa de conversar com os congressistas antes de finalizar a proposta é mais um gesto de aproximação do presidente em relação ao Legislativo. O texto será enviado ao Congresso para aprovação. Com ás informações do Correio24hrs*.

Bahia tem mais cinco cidades com transporte intermunicipal suspenso

Foto: Manu Dias/GOVBA

Brejolândia, Gavião, Jussiape, Lajedo do Tabocal e Serra Dourada terão o transporte suspenso a partir de quarta-feira (2). A medida, que tem o objetivo de conter o avanço do novo coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça (1º).

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a chegada e a saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Ibitiara e Iramaia, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Vacina contra Covid pode ser distribuída pelo SUS no início de 2021, prevê ministério

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, se reuniu nesta segunda-feira, 31, no Rio de Janeiro com a presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade Lima, para debater o cronograma de produção da vacina ainda em testes contra a Covid-19 no Brasil. A previsão é que, se tiver a eficácia comprovada, as primeiras doses sejam distribuídas no início de 2021, por meio do Programa Nacional de Imunização, que atende o Sistema Único de Saúde (SUS).

A previsão é produzir, inicialmente, 100 milhões de doses a partir de insumos importados. A produção integral da vacina na unidade técnico-cientifica Bio-Manguinhos, no Rio, deve começar a partir de abril de 2021.

“A Fiocruz está mobilizando todos os seus recursos tecnológicos e industriais em prol do acesso da população à vacina no menor tempo possível. Estamos conversando com a Anvisa e parceiros tecnológicos com o intuito de reduzir os prazos de produção, registro e distribuição da vacina”, disse a presidente da Fiocruz.

O acordo entre a Fiocruz e a AstraZeneca é resultado de tratativas entre o governo brasileiro e o governo britânico, anunciado em 27 de junho pelo Ministério da Saúde. A parceria prevê a assinatura de um acordo de encomenda tecnológica, na primeira semana de setembro, e o desenvolvimento de uma plataforma para outras vacinas, como a da malária.

Para produção e aquisição da vacina contra a Covid-19 produzida pelo laboratório AstraZeneca e Universidade de Oxford, o governo brasileiro liberou um crédito extraordinário de R$ 1,9 bilhão.

Fonte: Estadão Conteúdo





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia