WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ago/2020

Novo terremoto atinge Recôncavo da Bahia na madrugada de hoje (31)

Foto: Leandro Alves / Blog Bahia10

Um novo terremoto foi registrado em algumas cidades do Recôncavo Baiano na madrugada desta segunda-feira (31). Os tremores foram sentidos principalmente em Amargosa, Castro Alves, Brejões e Elísio Medrado. Os primeiros foram sentidos no domingo (30) pela manhã e o segundo já durante a noite.

Ainda não há detalhes sobre magnitude do novo fenômeno. Em Amargosa, a prefeitura identificou rachaduras em pelo menos seis casas e na igreja da cidade. Os impactos dos terremotos foram sentidos principalmente na zona rural do município

O secretário de Infraestrutura de Amargosa, Aedson Borges, conta que os danos foram, principalmente, no distrito de Corta Mão, que é uma área de zona rural que fica entre as cidades de Amargosa e São Miguel das Matas.

“Ontem [domingo, 30] pela manhã, nós recebemos através dos nossos números de contato, informações de que houve danos no distrito aqui de Corta Mão, na zona rural. Nós dirigimos nossa equipe para lá, a equipe de infraestrutura, e quando o pessoal chegou lá constatou seis casas com rachaduras e algumas fissuras, e também a igreja com algumas fissuras, mas nada muito impactante. Segundo o relatório já apresentado pelo engenheiro, não há nenhum risco de desabamento até o momento. Também não há, até o momento, notícias de vítimas, graças a Deus, disse Aedson”.

O secretário falou ainda que não é a primeira vez que terremotos são registrados em Amargosa. Os tremores acontecem porque o Recôncavo Baiano está em cima de uma região sísmica.

“Amargosa fica em cima de algumas placas [tectônicas] e essas placas de vez em quando se acomodam. Quando elas se acomodam, elas causam esse tremor. A gente já teve esse relato algumas outras vezes, mas nenhuma tão impactante quanto a do domingo, às 7h45. Mas a gente tem relatos de anos anteriores. Segundo o Instituto de Sismologia e os técnicos da Universidade [Federal] do Rio Grande do Norte, pode voltar [a tremer] e pode durar algumas semanas, inclusive, por causa da acomodação da terra”, disse Aedson.

Terremotos na Bahia

Os primeiros terremotos foram sentidos na manhã do domingo (30). O primeiro tremor começou pouco antes das 8h e durou cerca de 20 segundos. Depois, uma nova trepidação, desta vez mais branda, por volta das 8h20.

O terremoto teve magnitude de 4,6. Apesar do epicentro ser entre o Recôncavo Baiano e o Vale do Jiquiriçá, o tremor foi sentido em diversas áreas da Bahia, como Salvador e cidades das regiões sul e sudoeste.

Já na noite domingo, um novo tremor foi sentido em Amargosa. Dessa vez, o terremoto teve magnitude de 2,7.

Há cerca de 10 dias, moradores de Cachoeira, que também fica no recôncavo baiano, também relataram tremores de terra. O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) informou que o fenômeno ocorreu na cidade de São Félix, vizinha a Cachoeira, e teve magnitude de 1,6.

No mês de julho, um terremoto de 3,5 de magnitude foi registrado na região do litoral sul da Bahia. O tremor aconteceu na altura da cidade de Ilhéus e também foi registrado por sismólogos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que fazem o monitoramento.

Fonte: G1

Após tremores no Recôncavo, Usina de Pedra do Cavalo passa por inspeção

Após tremores de terra que ocorreram na região do Recôncavo Baiano neste domingo (30/8), a Usina Hidrelétrica de Pedra do Cavalo, localizada em Cachoeira, passou hoje por uma inspeção adicional na barragem e nos equipamentos de segurança.

Segundo informações da Votorantin Energia, gestora da UHE Pedra do Cavalo, ‘na inspeção visual e nos instrumentos de monitoramento, técnicos da unidade não identificaram nenhuma anormalidade, estando a barragem da UHE Pedra do Cavalo segura’.

A publicação diz ainda que ‘a inspeção foi apenas para tranquilizar a comunidade’, que fica no entorno da barragem de Pedra do Cavalo.

Feira de Santana: Operação detém 12 pessoas e aprende mais de 100 pássaros

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Doze pessoas foram detidas durante uma operação da Companhia de Policiamento e Proteção Ambiental (COPPA) de Salvador, com apoio da 64ª CIPM de Feira de Santana, na manhã deste domingo (30) na Feira da Estação Nova, na Princesa do Sertão.

De acordo com o Acorda Cidade, 101 aves e três jabutis foram recuperados, totalizando 104 animais. O tenente Diogo Almeida, da COPPA, informou estavam sendo maltratados e sendo comercializados de forma irregular.

“A operação conseguiu reaver esses animais e vão devolver eles para a natureza. Os maus tratos e a comercialização dos animais são considerados crimes ambientais e quem estava com os animais em posse vão ser apresentados na delegacia e os animais que foram abandonados dentro das gaiolas, a gente recolheu e vai direcionar ao órgão competente que vai fazer a devolução para a natureza”, garantiu.

Fonte: Bahia Notícias

Prorrogação do auxílio emergencial deve ser oficializada na terça (1)

Foto: Giuliano Gomes/Estadão Conteúdo

O auxílio emergencial – atualmente em R$ 600 – deve ser anunciado na terça-feira (1º). A informação foi revelada neste sábado (29), pelo líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira (AL), um dos líderes do centrão. O parlamentar antecipou que parlamentares devem participar do anúncio, no Palácio do Alvorada.

Depois de dúvidas que geraram até atritos entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, o benefício deve girar em torno de R$ 300, em uma transição até o Renda Brasil.

Já o programa que deve substituir o Bolsa Família a partir de janeiro de 2021 não está desenhado ainda. O Ministério da Economia apresentou uma lista de programas que podem ser extintos para financiar o Renda Brasil. O tema deve ser debatido com líderes do Congresso na mesma terça-feira. Com informações da CNN Brasil.

Câmara agenda votação do projeto de lei do novo gás para terça-feira

A Câmara dos Deputados pode votar na terça-feira (1º) o projeto de lei do novo marco regulatório do setor de gás natural (PL 6407/13). O texto prevê autorização, em vez de concessão, para o transporte de gás natural e estocagem em jazidas esgotadas de petróleo. Assuntos relacionados ao combate ao novo coronavírus e aos efeitos da Covid-19 também estão na pauta.

O relator do projeto, deputado Laercio Oliveira (PP-SE), vai recomendar a aprovação em Plenário do texto substitutivo elaborado pelo deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), que foi aprovado na Comissão de Minas e Energia em outubro do ano passado.De acordo com o substitutivo, a outorga dessa autorização para a construção ou ampliação de gasodutos deverá ocorrer após chamada pública a ser realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Antes de analisarem o marco legal do gás natural, os deputados poderão votar o projeto que dobra as penas de vários tipos de crimes ligados ao desvio de recursos relacionados ao estado de calamidade pública do coronavírus (PL 1485/20). A proposição é da deputada Adriana Ventura (Novo-SP) e outros.

Outro item pautado é o Projeto de Lei 2529/20, da deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) e outros. O PL autoriza a utilização de veículos de transporte escolar para profissionais da saúde e de pessoas que necessitarem de atendimento médico na pandemia.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia