WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 



(71) 98769-3230

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: 21/ago/2020 . 11:58

Eleições 2020: onze partidos estão aptos a receber Fundo Eleitoral

Foto: Divulgação / Tecnoblog

Apenas 11 dos 33 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cumpriram, até o momento, todas as exigências previstas na legislação e foram habilitados a receber recursos do Fundo Eleitoral para as Eleições de 2020. Dos R$ 2,03 bilhões que serão disponibilizados pelo Tesouro Nacional para este fim, R$ 797,6 milhões terão como destino essas legendas, o que corresponde a 39,2% do valor total.

De acordo com o TSE os partidos que já foram autorizados a receber os recursos são PSL (R$ 199,4 milhões); PSD (R$ 138,8 milhões); PSDB (R$ 130,4 milhões); PL (R$ 117,6 milhões); PTB (R$ 46,6 milhões); Solidariedade R$ 46 milhões); Patriota (R$ 35,1 milhões); PSC (R$ 33,2 milhões); Rede (R$ 28,4 milhões); PV (R$ 20,4 milhões); e PMB (R$ 1,2 milhão). O partido Novo e o PRTB, que teriam direito a receber R$ 36,5 milhões e R$ 1,2 milhão, respectivamente, abriram mão das verbas do Fundo para as Eleições Municipais de 2020 por decisão interna das legendas.

Segundo o TSE, os recursos do fundo são liberados às legendas somente “após a definição dos critérios para a sua distribuição, que devem ser aprovados pela maioria absoluta dos membros dos diretórios nacionais de cada agremiação e, posteriormente, informados e certificados pelo Tribunal”.

Ainda estão em fase de diligência os documentos encaminhados por PP (R$ 140,6 milhões), Republicanos (R$ 100,6 milhões), DEM (R$ 120,8 milhões), e DC (R$ 4 milhões). Após o envio dos documentos, cabe à Presidência da Corte certificar que as petições dos partidos contêm todos os requisitos exigidos para a liberação do fundo, determinar a transferência dos recursos às contas bancárias informadas pelas legendas e publicar os critérios fixados pelos partidos, informou o TSE.

Entre os critérios de distribuição do fundo está a obrigação de aplicação mínima de 30% do total recebido para o custeio da campanha eleitoral das candidatas do partido ou da coligação. Os valores absolutos e os percentuais desse custeio devem ser amplamente divulgados pelos partidos, de forma a permitir o controle da Justiça Eleitoral.

Rondesp Atlântico descobre delivery de droga para bairros nobres

Foto: SSP

Um esquema de delivery de maconha para bairros nobres da capital baiana foi descoberto pelas Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico, na tarde desta quinta-feira (20). Um traficante foi capturado, no Nordeste de Amaralina, usando uma bicicleta e uma mochila de um aplicativo de entrega de alimentos em domicílio.

Com o criminoso, que confessou repassar os entorpecentes para clientes nos bairros da Pituba, Itaigara, Horto Florestal e Rio Vermelho, foram apreendidos 2 kg de maconha, separados em sacos, uma balança, 25 reais e um celular. O caso foi registrado na 7a Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho).

“Recebemos denúncias e passamos a observar o deslocamento desse traficante. Importante ressaltar que essas pessoas de classe média e alta, consumidoras de drogas, financiam as armas usadas por traficantes. Recentemente tivemos um confronto com uma quadrilha que atua no Nordeste de Amaralina. A população que cobra da gente, muitas vezes, é a mesma que consome os entorpecentes”, desabafou o comandante da Rondesp Atlântico, major Edmundo Assemany Júnior.
Fonte: Ascom | Alberto Maraux

Barragem de Pedra do Cavalo precisam de planos de emergência urgentemente

A Barragem de Pedra do Cavalo fica entre as cidades de Cachoeira e São Félix, no Recôncavo Baiano. A construção da barragem trouxe vantagens e desvantagens para os moradores da região. Uma das vantagens foi o fim das enchentes, principalmente em Cachoeira, e a desvantagem, por exemplo, foi para os moradores ribeirinhos que dependem da pesca e da mariscagem – segundo relatos, espécies aquáticas que existiam antes da construção da barragem não encontram mais. Agora, a maior desvantagem – e essa é de todos os moradores de Cachoeira, São Félix e Maragogipe é o grau de risco que uma barragem pode oferecer, que segundo a Votorantim é muito baixo e o monitoramento é constante.
Mas, uma das ações fundamentais que está faltando para os moradores é um plano de urgência e emergência, caso haja algum incidente com a barragem. As cidades não dispõem de avisos sonoros de alerta, saídas de emergência, pontos de encontro, treinamento para moradores, além da defesa civil cobrindo cada município que pode ser afetado por um rompimento ou liberação urgente de água da Usina Hidrelétrica Pedra do Cavalo.
Moradores de Cachoeira, após o tremor de terra que aconteceu nesta quarta (19/08) e o anúncio do teste de calha, que foi cancelado (veja aqui), começaram a questionar a falta de algum plano de ação para a evacuação dos moradores em caso de necessidade.
Roque Brito, morador de Cachoeira, através das redes sociais solicitou:
“As prefeituras de Cachoeira e a de São Felix, a Votorantim, EMBASA que administram a barragem precisam preparar e organizar os municípios e os munícipes para promover um plano de evacuação em uma situação de emergência com a barragem o mais rápido possível, a saída de todos os ocupantes do nosso município e da cidade vizinha de uma forma organizada em uma emergência podem salvar diversas vidas em uma emergência com a barragem. Essa prevenção não é para provocar pânico nos moradores das cidades e sim ter um plano de emergência se for necessário um dia,” disse.
Fonte: Diário da Notícia

Banco Central estuda possibilidade de passar a emitir moeda digital

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Banco Central anunciou nesta quinta-feira (20) que considera passar a emitir moeda digital. Um grupo de estudo deve ser montado para investigar os impactos dessa criação no país.

De acordo com informações de O Globo, em nota, o Banco Central considera o modelo pode aprimorar as transações comerciais entre pessoas e entre países. Para isso, deve ser proposto um modelo de emissão de moeda digital com identificação de riscos, segurança e proteção dos dados.

“O BC pretende investigar os alcances de uma CBDC, assim como os benefícios para a sociedade, considerando as especificidades e os desafios do contexto nacional. A iniciativa avaliará, também, como uma moeda eletrônica pode trazer benefícios complementares aos que estão sendo introduzidos com a implantação do Pix, sistema de pagamentos instantâneos, que começa a funcionar em novembro”, diz o banco.

Segundo o Banco Central, uma moeda digital emitida por uma autoridade monetária é diferente de uma criptomoeda, como o bitcoin. No caso do Brasil, a moeda digital seria apenas uma nova forma de representação do Real. As criptomoedas, por outro lado, não têm garantias de um país.

Covid-19: Johnson & Johnson testará vacina em 60 mil voluntários; brasileiros estão na lista

Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

A empresa Johnson & Johnson planeja  testar sua vacina contra o novo coronavírus em até 60 mil voluntários. O ensaio clínico, está previsto para acontecer em setembro, de acordo com banco de dados de ensaios clínicos do governo dos Estados Unidos (EUA). O estudo será realizado em cerca de 180 locais dos Estados Unidos e em oito outros países onde as taxas de transmissão são altas, incluindo Brasil, México, Chile, Filipinas e África do Sul.

“Podemos confirmar que o planejamento e o recrutamento estão em andamento para nosso programa de Fase 3, que está sujeito aos dados provisórios dos testes das fases 1 e 2 e à aprovação dos reguladores”, disse um porta-voz da Johnson & Johnson. “Nosso programa de Fase 3 pretende ser o mais robusto possível, pode incluir até 60 mil participantes e será conduzido em locais com altas taxas de incidência”, acrescentou.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já autorizou a realização de testes clínicos em estágio avançado com a potencial vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Janssen, a unidade farmacêutica da Johnson & Johnson. Segundo o órgão,  7 mil voluntários do país, sendo eles de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Norte, serão testados.

Até o momento, a taxa de inscrição registrada em um banco de dados do governo e confirmada pela empresa é o dobro do tamanho de outros estudos essenciais que foram iniciados recentemente ou são esperados para vacinas desenvolvidas pela Moderna, Pfizer e AstraZeneca. A vacina da J&J usa um vírus do resfriado comum enfraquecido para fornecer instruções genéticas para as células humanas fabricarem uma proteína encontrada na superfície do novo coronavírus.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia