Foto: Reprodução

A saída de Jair Bolsonaro da Presidência da República é aprovada por 62% dos baianos, enquanto 28% acham que ele deveria continuar no poder. Outros 10% não souberam responder. Os dados são da pesquisa A TARDE-DataPoder360, realizada entre os dias 8 e 10 de junho. Com margem de erro de dois pontos percentuais e intervalo de confiança de 95%, o levantamento ouviu 2,5 mil pessoas por telefone em 197 municípios da Bahia.

Os números são consideravelmente diferentes ao do resto do Brasil. Nacionalmente, quem quer ver Bolsonaro fora da presidência é maioria, mas a proporção é bem mais equilibrada. No total, 48% pedem que ele deixe o poder, enquanto 43% defendem que fique. Outros 9% não souberam. O DataPoder360 ouviu 2,5 mil pessoas, em 518 municípios de 26 estados e do Distrito Federal.

Essa diferença de opinião é refletida na rejeição dos baianos ao mandato do presidente, desaprovado por 62% e aprovado por apenas 25%. Em Salvador, onde o instituto entrevistou 800 pessoas, a desaprovação chega a 65% contra 24% de aprovação. No Brasil, Bolsonaro tem a gestão desaprovada por 50% da população e a porcentagem dos que aprovam é de 41%. (Confira mais no portal Atarde).