Bell é obrigado pelo MP a alterar música por contra o racismo

Bell Marques compareceu, na manhã desta segunda-feira (14), na sede do Ministério Público para firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). No documento, ele se compromete a alterar a letra da música “Cabelo de Chapinha”, lançada na última semana, e que gerou polêmica nas redes sociais. De acordo com o TAC assinado, o vocalista ainda será obrigado a fazer uma campanha contra o racismo e machismo durante o Carnaval de Salvador no próximo ano. No facebook, Bell se defendeu das críticas, afirmando que a música é uma forma de expressar o amor. (Clique Aqui) “É uma canção na qual o compositor se inspirou em um personagem que adora sua parceira e lhe pede, com carinho, que se arrume do jeito que ele gosta. Muito boa essa forma gentil que o compositor encontrou para enaltecer sua amada e que deveríamos aplaudir”, escreveu ele.

 

Veja como ficou a nova versão:

 

 

“Minha Deusa, dia de salão

Lindo é seu jeito, todo mundo gosta de te ver

Me traz seu coração

Que esta noite só vai dar eu e você

 

Com esse amor ninguém pode

Só água na cabeça

Pra apagar o fogo

 

Ô, mainha,

Eu também gosto de cabelo de chapinha, mainha”

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *