Tag Archives: Serra Preta

Município de Serra Preta não registra mortes por Covid-19 há quase três meses

O município de Serra Preta, localizado na região de Feira de Santana, está há quase três meses sem registrar mortes pela Covid-19. A informação foi confirmada na tarde desta quarta-feira (18) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

De acordo com a Sesab, o último óbito contabilizado na cidade aconteceu no dia 21 de maio. Até às 15h, três casos da doença estavam ativos no município.

O Hospital Municipal Santo Antônio, principal unidade de saúde da cidade, está há três semanas sem receber pacientes com Covid-19.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os bons índices são por causa do avanço da vacinação e da conscientização dos moradores. A cidade conta com cerca de 15 mil pessoas, e até esta quarta, 9.030 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura na terça-feira (17), 22 pessoas morreram na cidade vítimas da Covid-19, desde o início da pandemia. Outros 790 casos confirmados foram contabilizados. Fonte: G1/Bahia

Câmara de vereadores aprova aumento de salários de prefeito e vice; cidade tem 65% da população em situação de pobreza

A Câmara de Vereadores da cidade de Serra Preta, a cerca de 160 km de Salvador, aprovou aumentos salariais para o prefeito e vice-prefeito da cidade, em 2021 e em 2022. Conforme a votação, Franklin Leite (DEM) e Adeil (PP) vão receber R$ 20 mil e R$ 7.500, em 2021, quando tomam posse. No ano seguinte, as remunerações passam a ser R$ 25 mil e R$ 12.500.

O salário do atual prefeito, Rogério Serafim é de R$ 15 mil. Já o atual vice, Braquistone (PC do B), ganha, atualmente, R$ 7.500.

O resultado da votação do aumento saiu no dia 20 de novembro. A decisão revoltou a população do município de 16 mil habitantes. Na cidade, 65% dos moradores estão em situação de pobreza ou extrema pobreza e 90% dos que poderiam trabalhar estão desempregados.

Serra Preta está localizado em uma das regiões mais pobres do Brasil, o semiárido baiano. O índice de desenvolvimento humano é de 5,66, considerado baixo. A principal fonte de renda vem de benefícios da Previdência Social, serviços públicos e do programa Bolsa Família.

O aumento foi aprovado por sete vereadores que são da base do prefeito eleito. Outros quatro vereadores foram contra. “Achamos que esse projeto é um projeto surreal. Digamos, sai fora da realidade em que nós munícipes de Serra Preta vivemos. É um projeto antiético, imoral e é também inconstitucional, porque nós temos a lei 173, que é o decreto da pandemia, que veta qualquer tipo de aumento pessoal nesse período”, disse o vereador Sergio Pereira (PT), que votou contra.

O atual prefeito de Serra Preta, que não conseguiu eleger o sucessor, disse que a medida durante o período de pandemia vai de encontro a lei municipal e vetou o projeto, mas teve o veto derrubado.

“Como é que um município pobre como Serra Preta vai aumentar os vencimentos de forma tão drástica de prefeito e vice-prefeito? Para você ter ideia, esse comprometimento bruto é de R$ 37.500 mensal para poder pagar os vencimentos de prefeito e vice-prefeito, mas quando a gente vai computar a previdência, mas 22% em cima desse valor, passamos de R$ 40 mil, R$ 45 mil”, disse o prefeito Rogério Serafim.

Se o projeto for sancionado, o salário de Franklin Leite será inclusive maior até que o do atual prefeito da capital baiana ACM Neto, que de acordo com o Tribunal de Contas dos Municípios, tem o salário base de R$ 24.875.

“Só depois que foi aprovado esse projeto chegou ao meu conhecimento e, desde o início, nós encaramos que não atendia a realidade do município nesse momento que nós estamos vivendo. Um momento de pandemia e nós de imediato já tomamos a decisão de a gente está revendo isso e retomar aquilo que se foi aprovado no ano de 2016 e retomar os valores do ano de 2016”, disse o prefeito eleito, Franklin Leite. (Fonte: G1 Bahia)

União libera seguro de safra perdida a agricultores de 39 cidades; Santa Teresinha e Rafael Jambeiro está na lista

Agricultores de 39 municípios baianos foram autorizados a receber o garantia-safra – seguro em caso de prejuízo na produção – a partir deste mês. Uma portaria do governo federal publicada nesta quinta-feira (26) atesta a liberação do seguro. Os recursos são referentes a safras perdidas entre 2017 e 2018.

Instituído a partir de 2003, o benefício paga R$ 850 em cinco parcelas de R$ 170 e é direcionado a agricultores com renda familiar de 1,5 salário mínimo, no caso vigente até R$ 1,5 mil, em área plantada de até 5 hectares [equivalente a cinco campos de futebol].

As cidades com agricultores contemplados são: Bom Jesus da Serra, Boninal, Boquira, Caetanos, Cocos, Ibiassucê, Ibitiara, Morpará, Pindaí, Poções, Santa Maria da Vitória, Seabra, Tremedal, Banzaê, Candeal, Capela do Alto Alegre, Cipó e Conceição do Coité.

Estão na lista também moradores de Gavião, Heliópolis, Ichu, Ipirá, Itiúba, Mairi, Nova Fátima, Nova Soure, Paripiranga, Pé de Serra, Pindobaçu, Rafael Jambeiro, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Santa Teresinha, São Domingos, Serra Preta, Serrinha e Valente.

Fonte: Bahia Noticias

Prefeitura anuncia concurso para guardas municipais

A prefeitura do município de Serra Preta (distante a 169,2 Km de Salvador) divulgou o edital para concurso público destinado a contratação de guardas municipais com remuneração de R$ 998. Das 15 vagas oferecidas, 13 são para homens e duas para mulheres.

As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 17 deste mês no site da empresa Seleta Concursos. O certame será composto por prova objetiva, de títulos, teste de aptidão física, avaliação psicológica e curso de formação.Prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 9 de junho.

União reconhece emergência por estiagem em Santa Teresinha, Itatim, Rafael Jambeiro e outros municípios

Um total de 147 municípios baianos teve decretos de emergência por estiagem reconhecidos pelo governo federal. Antes, os decretos foram determinados pelas prefeituras e depois pelo governo do estado. Dos três entes, se espera mais recursos da União para enfrentar os prejuízos causados pela estiagem. A Portaria que reconhece a situação de emergência nas 147 cidades foi publicada nesta segunda-feira (29) no Diário Oficial da União. A lista dos municípios é composta por:

Abaré, Adustina, América Dourada, Anguera, Antas, Antônio Cardoso, Antônio Gonçalves, Araci, Barra, Barra do Mendes, Barro Alto, Biritinga, Bom Jesus da Lapa, Boninal, Boquira, Botuporã, Brejões, Brotas de Macaúbas, Brumado, Caém, Caetité, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Candeal, Cansanção, Capim Grosso, Caturama, Central, Cícero Dantas, Conceição do Coité, Contendas do Sincorá, Crisópolis e Dom Basílio.

Depois vem Érico Cardoso, Euclides da Cunha, Fátima, Feira de Santana, Filadélfia, Gavião, Gentio do Ouro, Glória, Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibitiara, Ibititá, Ichu, Igaporã, Ipecaetá, Ipirá, Irajuba, Iramaia, Iraquara, Irará, Itaberaba, Itaguaçu da Bahia, Itapicuru, Itaquara, Itatim, Ituaçu, Jaguarari, Jeremoabo, Juazeiro, Jussara, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Lagoa Real, Lajedinho, Lamarão, Lençóis e Livramento de Nossa Senhora.

A relação também tem Macaúbas, Mairi, Malhada de Pedras, Marcionílio Souza, Miguel Calmon, Mirangaba, Morpará, Mortugaba, Morro do Chapéu, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Nova Fátima, Nova Itarana, Nova Redenção, Nova Soure, Novo Horizonte, Novo Triunfo, Ourolândia, Palmeira, Paramirim, Paulo Afonso, Paratinga, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piritiba, Ponto Novo, Presidente Dutra e Quixabeira.

Ainda na lista aparecem Rafael Jambeiro, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Inês, Santaluz, Santanópolis, Santa Teresinha, São Domingos, São Félix do Coribe, São Gabriel, São José do Jacuípe, Saúde, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra Preta, Serra do Ramalho, Serrolândia, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tanque Novo, Tanquinho, Tucano, Uibaí, Umburanas, Utinga, Valente, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova e Wagner.

Fonte: Bahia Notícias

Ambulância de Serra Preta capota próximo as Três Emendas; veja as fotos

Uma ambulância do município de Serra Preta, capotou na tarde desta terça-feira (01), quando transportava um paciente próximo a localidade de  Três Emendas. 

Oacidente ocorreu num trecho da BA 120 e por muita sorte não aconteceu uma tragédia, pois o impacto foi muito forte e o veículo ficou em estado crítico, conforme informações de pessoas que residem próximo ao local do capotamento.

Aguardamos o pronunciamento dos responsáveis pela Secretaria de Saúde de Serra Preta, para informar o nome da paciente e do motorista que dirigia a ambulância e esclarecer as causas do acidente.