Tag Archives: Salvador

Graer transporta vítimas de agressões na ilha

Em 24 minutos, equipes do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar transportaram duas vítimas, em estado grave, da Ilha de Vera Cruz para Salvador. O resgate aconteceu, na tarde de quinta-feira (21), após um homem, em surto, agredir pelo menos cinco pessoas utilizando uma faca.



Por volta das 15 horas, após acionamento da Central Estadual de Regulação (CER), os policiais decolaram com o helicóptero Guardião 02 para a ilha, onde em 12 minutos conseguiram trazer a primeira vitima, com ferimentos na cabeça, até o Hospital do Subúrbio.



“Assim que pousamos com o primeiro homem na capital, voltamos para o município e retornamos para a sede do Departamento de Polícia Técnica (DPT) onde deixamos outra vítima sobre os cuidados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)”, relatou o comandante da unidade, tenente-coronel Wolney Anderson Santos.



A ambulância do Samu levou a segunda vítima, com ferimentos na região cervical, para o Hospital Geral do Estado (HGE), no bairro de Brotas.


O caso


Conforme explicou o comandante da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vera Cruz), tenente-coronel Ricardo Freitas, o suspeito entrou em crise, após não conseguir resolver uma solicitação na Prefeitura. O homem saiu do local e, com armas brancas, atingiu cinco pessoas.


“Ele começou o ataque e foi neutralizado por um dos nossos militares”, contou o oficial, lembrando que o homem, autuado por tentativa de homicídio, foi socorrido para o Hospital Geral de Itaparica, onde segue internado.


A 24ª Delegacia Territorial (DT) de Vera Cruz ouve testemunhas e instaurou um inquérito para apurar o caso. Perícias foram realizadas no local e o material utilizado no crime está sendo analisado pelo DPT.

Foto: Divulgação: SSP

Chuvas no interior diminuem focos de calor e episódios de incêndios florestais

As fortes chuvas de outubro que atingem a capital baiana também caem no interior do estado. Em alguns locais, as águas têm colaborado fortemente no combate aos incêndios florestais. É o que mostram os dados divulgados pela Sala de Situação de Monitoramento Ambiental do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).
 
O instituto emite boletins diários de focos de calor, que são utilizados pela equipe da Operação Bahia Sem Fogo, do Governo do Estado, que combate os incêndios florestais em todo território baiano.
 
A novidade é que, analisando dados do satélite de referência Aqua – NASA, nesta quinta-feira (21), não houve nenhum registro de foco de calor na Bahia – nos dias mais quentes no início do mês este número foi superior a 600. 
 
Neste período, 14 aeronaves do modelo air tractor foram usadas para lançar água nas áreas atingidas, que ajudaram a combater os incêndios florestais nos municípios atingidos, além dos esforços das equipes de campo da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Inema, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros Militar e brigadistas voluntários.
 
Fortes chuvas 

 
Desde quarta-feira (20) foram registrados volumes expressivos de chuva em vários pontos do estado. Segundo o meteorologista Aldírio Almeida, da Coordenação de Estudos de Clima e Projetos Especiais (COCEP), do Inema, “em alguns municípios, os volumes acumulados entre quarta-feira e esta sexta-feira (23) já ultrapassam 80 mm, a exemplo de Salvador (120,0 mm em Cosme de Farias), América Dourada (84,2 mm), Lapão (83,2 mm) e Juazeiro (82,8 mm), onde cada milímetro corresponde a um litro de chuva por metro quadrado”.
 
Ainda de acordo com Aldírio, esse período de chuvas deve se manter até este sábado. Já no domingo (24), os maiores volumes deverão ficar restritos ao oeste baiano. “Vale destacar que o mês de outubro marca o início climatológico do período chuvoso de grande parte do interior da Bahia, época em que as chuvas se tornam mais frequentes em algumas regiões, incluindo todo o centro-oeste e sudoeste baiano”, afirmou.
 
Das cidades afetadas por focos de incêndio, apenas o município de Barra, localizado a cerca de 650 km de Salvador, requer atenção, pois ainda tem um registro em monitoramento e outro em fase de rescaldo; duas aeronaves auxiliam na ação.
 
Canais de denúncia
 
A qualquer sinal de incêndio, a população deve ligar para o 193. As denúncias de queimadas ilegais e outros crimes ambientais podem ser feitas pelo telefone 0800 071 1400. Com ás informações do Correio24hrs*

Batida entre van e ambulância deixa seis feridos na BR-324

Um acidente envolvendo uma ambulância e uma van deixou seis feridos na BR-324, na região do bairro de Águas Claras, em Salvador, na manhã desta quarta-feira (29). A batida aconteceu na altura do km 616, sentido capital.

Informações preliminares apontam que o pneu da ambulância estourou e, com isso, o motorista perdeu o controle da direção. Um paciente estava no veículo, recebendo atendimento na hora do acidente, e teve ferimentos por causa da colisão.

A enfermeira que prestava o socorro a ele também ficou ferida. Não há detalhes sobre o estado de saúde das vítimas, que foram levadas para o Hospital do Subúrbio e para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Valéria.

A frente da ambulância ficou totalmente destruída com a colisão. Segundo o motorista da van, 11 pessoas estavam no veículo, que teve a porta traseira arrancada com impacto da batida, assim como os bancos do veículo.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da ViaBahia e do Salvar, que é do Corpo de Bombeiros, prestam socorro aos feridos. A pista está parcialmente interditada e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no local para coordenar o trânsito, junto com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). Um caminhão guincho também reforça os trabalhos no trecho, para remoção dos veículos envolvidos na ocorrência. Com ás informações do G1/Bahia.

Fotos: Rildo de Jesus/TV Bahia

Festa de Iemanjá será sem público, terá ‘presente’ coletivo e transmissão online

A tradicional Festa de Iemanjá, realizada no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, todo dia 2 de fevereiro, não terá presença de público neste ano. Um “presente” coletivo será levado ao mar pelos pescadores e entidades religiosas às 8h. O acesso à praia ficará fechado desde o dia 1º de fevereiro.

Os depósitos de bebidas do bairro serão fechados não será permitida a comercialização de bebidas. Postos de gasolina também não podem vender bebidas, assim como delicatessen, padarias e afins. Bares e restaurantes ficarão fechados durante o dia e só poderão abrir a partir das 19h.

Também fica proibido o funcionamento de food trucks, de comércio informal, vendedores ambulantes, carros de som e afins.

Podem funcionar normalmente os serviços essenciais, como hospitais, padarias, supermercados, açougues, farmácias, agências bancárias e estabelecimentos delivery, mas sem vender bebidas alcoólicas.

A praia ficará restrita do acesso na Rua Barro Vermelho à Rua Pedra da Sereia, na região da Paciência. O trânsito não será interrompido em nenhum momento do dia e funcionará normalmente, sem barreiras.

O presente que será levado às 8h sairá do Dique do Tororó. Para quem precisa levar presentes ao mar por obrigações religiosas, a prefeitura informou que a entrega poderá ser feita em outras praias e outros pontos da orla da capital. A medida foi tomada para evitar que haja aglomerações.

(G1 Bahia).

Maré baixa suspende Travessia Salvador-Mar Grande

O período de maré baixa prolongada que começou ontem, vai prejudicar muito as operações da travessia Salvador-Mar Grande nos próximos 5 dias. Neste sábado (12), em Salvador, o sistema fez o primeiro horário normalmente às 6h30, mas só retomará o atendimento às 9h30. Já em Mar Grande, ocorreram saídas normais de meia em meia hora das 5h às 7h, quando o serviço iniciou a parada que vai até às 9h30.

A maré baixa de hoje também vai prejudicar os horários noturnos da travessia. Em Salvador, a última saída do Terminal Náutico será às 18h. Estão cancelados os horários das 18h30 às 20h. De Mar Grande para a capital, a última embarcação deixará o Terminal de Vera Cruz também às 18h – não será feita a saída das 18h30.

Com maré baixa, as embarcações da travessia Salvador-Mar Grande não podem atracar no Terminal de Vera Cruz devido à pouca profundidade do canal de navegação. Neste sábado, quando retomar as operações às 9h30, o sistema estará com oito embarcações em tráfego, fazendo saídas de meia em meia hora ou a cada 15 minutos, caso o fluxo de passageiros exija.

Morro de São Paulo e escunas

A linha Salvador-Morro de São Paulo registra bom movimento de venda de passagens neste sábado. O primeiro catamarã do dia deixará o Terminal Náutico às 9h, o segundo às 11h30 e o terceiro e último às 13h. A última saída será às 14h30. No sentido inverso, as saídas do Morro ocorrem às 9h, 11h30, 14h30 e 15h.

As passagens podem ser adquiridas nos guichês das concessionárias instalados no terminal. O preço do bilhete é R$ 96,90. A viagem direta de catamarã dura em média 2h e 20. A expectativa para hoje é que todos os catamarãs deixem o Terminal Náutico com lotação completa, dentro do limite de 75% da ocupação de assentos autorizado pela Agerba.

As escunas de turismo operam normalmente neste sábado o roteiro pelas ilhas da Baía de Todos os Santos e com previsão de boa procura. As embarcações sairão a partir das 9h do Terminal Náutico e retornam a Salvador às 17h30. No roteiro, são feitas paradas na Ilha dos Frades e em Itaparica. A tarifa custa R$ 60.