Tag Archives: 2 de Julho

Gov. Mangabeira: Tumulto e confusão marcaram o final dos festejos de 2 de Julho

Tumulto e confusão marcaram o final dos festejos do 2 de Julho no município de Governador Mangabeira, no Recôncavo Baiano. Segundo informações, no momento em que acontecia a apresentação da última banda dos festejos, soltaram gás lacrimogênio o que levou o público e aos integrantes da banda a saírem correndo por causa do efeito do gás – houve muita correria e confusão neste momento.

A prefeitura Municipal de Governador Mangabeira emitiu uma nota de esclarecimento sobre o episódio.

“Lamentável a ação de alguns irresponsáveis que vieram para festa tumultuar e faltando 15 (quinze) minutos para encerramento do evento, lançaram na frente do palco um explosivo de gás que atingiu a população, os componentes da Banda Unha Pintada e uma guarnição da Polícia Militar.

Imediatamente, para garantir a ordem pública e salvaguardar a integridade física da população, o evento foi encerrado. Salientamos que pelas normas de segurança, a Polícia Militar não utiliza o gás de pimenta nesse tipo de evento.

O Governo Municipal lamenta profundamente o fato, mas afirma que essa ação isolada, não desabona em nada a maior e melhor Festa de 2 de Julho de todos os tempos, que nos três dias reuniu mais de 70 mil pessoas, sem praticamente ocorrências de qualquer ordem.

O que reinou durante os festejos foi a alegria, a segurança, a organização e, principalmente, a harmonia, o que fez desse 2 de julho o maior evento festivo de toda a região. Apresentamos nossa solidariedade às pessoas que foram atingidas pelo gás e parabenizamos nossos profissionais da saúde que prontamente, com eficiência e carinho, atenderam a todos que deram entrada no Posto de Saúde Satélite montado no circuito da Festa”.

Fonte: Diário da Notícia

Uso de publicidade irregular será fiscalizado durante o desfile do 2 de Julho

Comemorada na próximo terça-feira, a Independência da Bahia é marcada pelo tradicional desfile do 2 de Julho que este ano terá fiscalização para publicidades irregulares, com a intenção de coibir o uso de faixas, blimps e painéis publicitários.

Os materiais, que são proibidos por lei, serão inspecionados por uma equipe composta por 20 fiscais da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) antes e durante o evento. De acordo com o Decreto Geral de Publicidade 30.095/2018, não é permitida a exposição de publicidade provisória em árvores, fachadas, postes, viadutos e áreas públicas.

A ação tem o objetivo de garantir a proteção estética do desfile. A Secretaria de Comunicação do Bahia (Secom) lembra que o artigo 3, do item XXIX, do Decreto 12.642/2000, considera como publicidade ou propaganda qualquer forma de propagação de ideias, marcas, produtos, mercadorias ou serviços. Os materiais irregulares serão removidos e apreendidos, com possível inutilização, e o responsável pode receber uma multa de até R$ 30 mil.

Fonte: A Tarde