Suspeitos de balear policial são presos em Alagoinhas

Os dois suspeitos de assaltarem uma barbearia em Alagoinhas, em ação que deixou um investigador da Polícia Civil ferido, foram presos pouco depois do crime. Joseval da Silva Moitinho, 47 anos, foi baleado em uma troca de tiros quando tentava impedir a fuga dos ladrões após o roubo no Jardim Petrolar.

Jonathas Luiz da Silva Cerqueira, 20, e Marcelo Santana de Souza, 24, entraram no estabelecimento e anunciaram o assalto. Eles fugiram com celulares, relógios, um tablet e dinheiro do caixa e dos clientes.

Joseval, conhecido como Ivo, é lotado na delegacia de Catu. Ele estava na barbearia e saiu em perseguição aos ladrões após o crime, até uma casa abandonada. Houve troca de tiros no local. O policial foi baleado, mas também atingiu Jonathas.

Uma guarnição do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM) impediu que Jonathas fosse linchado por populares e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Uma ambulância levou os dois baleados para o Hospital Regional Dantas Bião.

Horas depois, Marcelo foi localizado e preso no bairro Lagoa da Feiticeira. Com ele, foi apreendida uma metralhadora 9 mm e um Fiat Uno roubado no dia anterior. Ele foi autuado em flagrante por roubo e porte ilegal de arma e está preso na delegacia de Alagoinhas. Já Jonathas está custodiado no Hospital Dantas Bião.

Todos os pertences recuperados foram devolvidos às vítimas, incluindo carteira e celular do investigador. A Polícia Civil não divulgou detalhes do estado de saúde do agente.

00001

0001 0002 0003 0004

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *