Lamas e peixes mortos poluí o Rio Paraguaçu e assusta a população; veja o vídeo

O Rio Paraguaçu, às margens da BR-116, Norte baiano, no Km 495 está sofrendo e agora assolado por milhões de metros cúbicos de rejeitos de mineração, entulhos, galhos, sujeira, animais e peixes mortos.

Além de está quase seco, o manancial que abastece a região chegou a esta situação de calamidade.

As imagens mostram um contraste entre a região que antes era alagada pelas águas do Rio Paraguaçu e a situação atual.

A habitual cor do rio deu lugar a tons de marrom e vermelho-escuro, de aspecto denso, por causa do minério.

O cheiro forte do barro com reagentes químicos piorou nos últimos dias, devido aos animais mortos, que não conseguiram escapar da força da avalanche e agora se misturam ao rastro de destruição nas margens.

Campanhas em rede sociais estão sendo feita para que os órgãos competentes possam tomar providências em relação a situação do Rio Paraguaçu.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *