Elísio Medrado: Presidente do TJ mantém bloqueio de contas de ex-gestor e de prefeitura

O ex-prefeito de Elísio Medrado, no Vale do Jiquiriçá, Everaldo Caldas, e a administração atual do município continuarão com as contas bloqueadas pela Justiça. Ao todo, o montante soma R$ 225 mil, que permanecem confiscados das contas do ex-gestor e da prefeitura. Não foi informado o valor que cabe a cada um.

À época da decisão, em dezembro de 2012, a Justiça determinou o bloqueio do valor como forma de honrar o pagamento de servidores da prefeitura. Já na decisão publicada nesta terça-feira (27), o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Gesivaldo Britto, indeferiu um pedido de suspensão de liminar feito pela prefeitura da cidade. Na tentativa de reaver o dinheiro confiscado, a gestão atual disse que “não há comprovação de que o valor é realmente devido” e que o bloqueio do montante impede o pagamento de servidores. Além disso, alega a prefeitura, traria prejuízos às finanças do município.  

A argumentação não foi considerada pelo presidente do TJ-BA. Conforme o desembargador, o bloqueio das contas não compromete as finanças da prefeitura e está baseada na legislação em vigor. (Bahia Notícias)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *