Sobe para 4 o número de casos suspeitos do novo coronavírus em Castro Alves

O Boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (30), traz o aumento do número de casos suspeitos do novo coronavírus, em Castro Alves, Recôncavo Baiano. Segundo a publicação oficial, o número saltou de 2 Leia Mais»

Rui Costa não descarta cancelar São João na Bahia, mas pede calma: “Não tomamos a decisão”

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), não descartou a possibilidade de não haver festa de São João na Bahia este ano. Em entrevista à TV Band, o petista falou sobre a Leia Mais»

Três pessoas ficam feridas após batida entre carro e carreta na BR-242

Três pessoas ficaram feridas após batida entre um carro de passeio e uma carreta na BR-242, trecho de Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia, na noite de sábado (28). De acordo com Leia Mais»

Jovem é esfaqueado durante confusão em Castro Alves

Um Jovem sofreu tentativa de homicídio por arma branca na tarde deste sábado (28), no município de Castro Alves, Recôncavo Baiano. Segundo informações da policia, Rosenildo Silva dos Santos, de 23 anos, Leia Mais»

Category Archives: Últimas Notícias

Prefeitura suspende São João; festa custaria R$ 1 milhão

A prefeitura de Jaguarari, no Piemonte Norte do Itapicuru, suspendeu a festão de São João, que ocorreria em junho. Segundo a gestão, a decisão ocorre devido ao risco de disseminação do novo coronavírus. Apesar de a cidade ainda não ter caso comprovado da Covid-19, a medida seria uma precaução já que municípios próximos, como Juazeiro, já têm confirmação do vírus.

Conforme a TV Sâo Francisco, a festa marcada para ocorrer entre 20 e 24 de junho teria custo de cerca de R$ 1 milhão. De acordo com a prefeitura, há grande concentração de pessoas na festa. No ano passado, cerca de 10 mil pessoas estiveram no evento. Até a manhã desta segunda-feira (30), a Bahia registra 156 casos da doença, com um óbito.

TVE exibe conteúdos para estudantes dos ensinos Fundamental e Médio

A TVE integra o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb)

A partir desta segunda-feira (30), a TVE vai exibir, diariamente, a programação “Estude em Casa”, das 13h às 15h, desenvolvida pelo Canal Futura. A primeira 1h30 de conteúdo educativo atenderá aos currículos dos ensinos Fundamental e Médio. A meia hora final vai trazer outros programas educativos variados. A ação é resultado de uma parceria entre a Secretaria Estadual da Educação da Bahia (SEC) e o Canal Futura da Fundação Roberto Marinho.

Entre as atrações estão séries como Turma da Robótica, que acompanha grupos de estudantes que desenvolvem projetos tecnológicos; Ciência para Todos, que mostra a ciência no dia a dia, por meio de projetos desenvolvidos pela Fapesp; e Show da História, que traz momentos e personagens históricos de maneira divertida.

Esta é uma das iniciativas adotadas pela SEC para apoiar estudantes e professores das redes pública e privada durante a suspensão das aulas, válida por 30 dias. “A TVE já tem uma programação educativa. Pela manhã, a emissora traz uma programação infantil com muita qualidade, com desenhos educativos. Além disso, durante todo o dia, oferece uma programação com muita informação. Estamos exibindo na TVE vídeos de artistas, estudantes e professores com recomendações de leitura. Esta parceria com o Canal Futura vai ampliar a oportunidade de estudar em casa. Além disso, nós estamos conversando, neste momento, para criar uma plataforma de conteúdos para estudantes e professores participarem ativamente. Não é obrigatório, mas é um espaço para quase cinco milhões de professores e estudantes que estão em casa neste momento, para ocupar o tempo com cultura, educação e lazer”, disse o secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues.

Durante este período, a  emissora pública também priorizou a produção de conteúdos informativos que orientam e educam a população em relação à pandemia do Coronavírus, com o objetivo principal de salvar vidas.

É possível acompanhar a programação ao vivo no site www.tve.ba.gov.br/tveonline.  Outra opção é acompanhar toda a programação do Canal Futura pelo www.futuraplay.org.

Salas de aula online

Também nesta segunda-feira, tem início o projeto Classes Abertas, salas de aula online com a orientação dos professores da Escola da Fundação Roberto Marinho. São 10 turmas com dois modelos de classes abertas: oito salas temáticas, com ciclos semanais e tópicos propostos pelos professores, e dois ambientes de reforço escolar, contemplando o conteúdo de Ensino Fundamental e Médio. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo site telecurso.org.br.

A TVE integra o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb) e faz parte da estrutura organizacional da Secretaria da Educação do Estado.

Fonte: Ascom/TVE Bahia

NASA divulga foto de Bennu, o ‘asteroide do fim do mundo’

© Fornecido por Tech Break OSIRIS-REx

A NASA divulgou uma nova imagem em altíssima resolução do asteroide Bennu (clique aqui), registrada pela sonda OSIRIS-Rex, que mostra o asteroide em detalhes nunca antes divulgados. A foto ajudará a guiar a nave em sua missão até a superfície dele, com o objetivo de coletar amostras para análise na Terra.

Feita a partir de 2.155 imagens registradas pela sonda espacial, com 5 cm por pixel, esta super foto tem a resolução mais alta na qual um corpo planetário já foi mapeado. Ela foi feita entre os dias 7 de março e 19 de abril de 2019, a cerca de 3 a 5 quilômetros de distância da superfície do Bennu.

O mapa criado com as fotografias ajudou a equipe da missão a escolher os possíveis locais de pouso da OSIRIS-Rex. Inicialmente, os pesquisadores definiram quatro regiões, até chegar à área escolhida: uma cratera de 140 metros de largura, batizada de Nightingale.
De acordo com a Nasa, a nave pousará no Bennu no segundo semestre deste ano, ficando por lá até 2021. A sonda deve voltar à Terra em 2023, trazendo materiais para estudo nos próximos anos, que poderão dar informações sobre as origens do sistema solar. (Confira mais no link do site do Msn).

Homem fica ferido ao ser atingido por disparo acidental em Castro Alves

Manoel foi encaminhado para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus

Um homem foi atingido por disparo acidental de arma de fogo na tarde do último domingo (29), na localidade do Salgado, em Castro Alves, Recôncavo Baiano. Segundo informações repassadas pelo Forte na Notícia, Manoel de Oliveira Almeida, de 36 anos, morador da Embira, em Cruz das Almas, estava caçando e ao manusear a sua espingarda, ela acabou disparando e atingiu seu braço esquerdo.

A vítima foi socorrida por familiares em um carro particular e encaminhada para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), entretanto seu estado de saúde não foi divulgado.

Sobe para 4 o número de casos suspeitos do novo coronavírus em Castro Alves

O Boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (30), traz o aumento do número de casos suspeitos do novo coronavírus, em Castro Alves, Recôncavo Baiano. Segundo a publicação oficial, o número saltou de 2 para 4 casos, que ainda dependem do resultado dos exames laboratoriais. A Secretaria de Saúde segue informando que a medida de prevenção mais eficaz é o isolamento social em domicílio.


Prefeitura é condenada ao pagamento de R$ 116 mil à Câmara de Vereadores

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) condenou a Prefeitura de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, ao pagamento de R$ 116 mil à Câmara de Vereadores por entender que houve repasse de valores menores do que os determinados pela Constituição Federal a título de duodécimo.

O montante é referente à diferença não paga entre os meses de janeiro e março. Segundo o Blog Achei Sudoeste, Além disso, na mesma liminar, publicada na sexta-feira (27), no Diário de Justiça Eletrônico (DJe), o juiz Gleison dos Santos Soares entendeu que o repasse mensal das dotações orçamentárias até o dia 20, conforme estabelece o texto constitucional, na quantia de quase R$ 130 mil. “(…) eis que os documentos anexos são cristalinos ao exteriorizar que o município réu vem descumprindo, de modo reiterativo, os mandamentos normativos constitucionais acerca do repasse integral do duodécimo de titularidade do Poder Legislativo do município de Rio de Contas”, escreveu o magistrado.

Garotos de Rafael Jambeiro desaparecem em Itatim

Foto: Reproduções – Portal VR14

Os irmãos Davi 12 anos e Murilo  15 anos, estão desaparecidos desde a tarde desta quinta- feira (26) em Itatim.

Os garotos, são filhos de Aline Rubi( filha de Antônio Roque do Argoim). Conforme informações dos familiares, eles saíram de casa por volta das 16h  e não retornaram mais. Qualquer informações ligue 190 ou 75 9 9886 5406. Com ás informações do portal Vr14.

Em quarentena, Gusttavo Lima faz “Buteco em casa” e bate recorde de transmissão

Foto: reprodução/Youtube

Na noite deste sábado (28/3), o cantor Gusttavo Lima realizou a primeira edição do “Buteco em casa”, uma live gravada ao vivo na residência do próprio sertanejo. O artista segue em quarentena, assim como os demais artistas, em razão da pandemia de coronavírus.

O show foi transmitido diretamento de Goiás, onde fica a casa do cantor, pelo seu canal no Youtube e no Facebook, e conquistou mais de 10 milhões de visualizações. Na live, Gusttavo cantou 100 músicas, com um repertório que faz parte de seu projeto “Buteco”, por cinco horas. 

De acordo com a equipe do artista, o sertanejo  bateu o recorde de acessos simultâneos no Brasil, chegando a ter 750 mil pessoas assistindo online. Ele também arrecadou mais de R$ 100 mil reais e mais doações para instituições de caridade. Por causa da live, Gusttavo Lima ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Brumado: Polícia Militar encerra o ‘Corona Fest’

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A Polícia Militar do município de Brumado encerrou no final da tarde deste domingo (29) um evento denominado de “Corona Fest”, no Bairro Malhada Branca. A PM chegou ao local após denúncias anônimas.

A informação foi confirmada ao site Achei Sudoeste, pelo comandante da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), Major Mário Cabral. De acordo com o major, cerca de 30 pessoas estavam em uma área de eventos e foram conduzidas para a Delegacia Territorial de Brumado. A polícia está em operação com rondas ostensivas intensificadas para o comprimento do Decreto Municipal n° 5.247/2020, que visa o isolamento social e a aglomeração de pessoas em combate ao Covid-19, o novo coronavírus. “Estamos fazendo um trabalho diuturno tentando minimizar a proliferação do vírus”, declarou Cabral.

Jovem de 24 anos é morta a tiros de revólver

Blog do Anderson

No meio da Pandemia de COVID-19 tem ocorrências na Violência Urbana em Vitória da Conquista. Na noite deste domingo (29) tiros de revólver atingiram uma mulher na Vila Elisa, loteamento do bairro Espírito Santo. A vítima de 24 anos chegou a receber socorro pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, no entanto não resistiu e evoluiu ao óbito no local. A 77ª Companhia Independente de Polícia Militar do Estado da Bahia juntamente com o Plantão Central da Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica registraram a ocorrência.

De acordo com ás informações do Blog do Anderson, O corpo passará por necropsia no Instituto Médico Legal e as investigações estão a cargo da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Mandetta pergunta a Bolsonaro se governo está preparado para ter ‘caminhões transportando corpos’

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, advertiu ao presidente Jair Bolsonaro e a outros mininstros do governo que o coronavírus não é uma ‘gripezinha comum’, e que no pior dos cenários está previsto dias em que pode ocorrer a morte de mil pessoas, o que corresponderia a um acidente com quatro aviões de grande porte, sem sobreviventes. 

“Estamos preparados para o pior cenário, com caminhões do Exército transportando corpos pelas ruas? Com transmissão ao vivo pela internet?”, questionou Mandetta.

Este foi o momento mais tenso da reunião ministerial ocorrida neste sábado, 28, em Brasília. Isso porque Bolsonaro tem minimizado a gravidade da pandemia e defendido o fim do isolamento das famílias para evitar uma recessão econômica. A reunião foi descrita em reportagem publicada no site do jornal O Estado de São Paulo.  

Conforme o jornal apurou, Mandetta fez um apelo para o presidente criar “um ambiente favorável” para um pacto entre União, Estados, municípios e setor privado para todos agirem em conjunto, unificar as regras e medidas e seguir sempre critérios científicos.

Sugeriu, inclusive, a criação de uma central de equipamentos e pessoal, para possibilitar o remanejamento de leitos, respiradores e até médicos e enfermeiros de um Estado a outro, rapidamente, dependendo da demanda.

O ministro também pediu ao presidente para não menosprezar a gravidade da situação nas suas manifestações públicas e, por exemplo, não insistir em ir a um metrô ou um ônibus em São Paulo, como chegou a aventar em entrevista coletiva. Mandetta deixou claro que, se o presidente fizesse isso, seria obrigado a criticá-lo. E Bolsonaro rebateu que, nesse caso, iria demiti-lo.

Ainda conforme fontes ouvidas pelo Estadão, Mandetta também disse que ele e sua equipe não vão pedir demissão no meio da crise, mas estão prontos a sair depois dela se for o caso. Ele, inclusive, se colocou à disposição para assumir a função de “bode expiatório”, em caso de fracasso, e se comprometeu a não capitalizar politicamente, em caso de sucesso. Disse que não tem ambições políticas nem reivindica nenhuma posição de destaque.

Arrumação
Apesar desses momentos mais tensos, ministros presentes consideraram que o resultado foi bom e que a reunião serviu como um “freio de arrumação”, até porque, de outro lado, todos, inclusive o próprio Mandetta, concordaram com a preocupação de Bolsonaro em preservar ao máximo a economia, o funcionamento dos transportes e da infraestrutura em geral.

Estavam presentes, além de Bolsonaro e Mandetta, os ministros Fernando Azevedo (Defesa), Sérgio Moro (Justiça), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria do Governo), Braga Neto (Casa Civil), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e André Mendonça (AGU) e Antonio Barra Torres (Anvisa). Um dos temas foi justamente o risco de uma enxurrada de ações na Justiça, com Estados, municípios e União questionando medidas uns dos outros. Esse, inclusive, foi tema da primeira reunião do sábado de Bolsonaro, que foi com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes. (Com ás informações Correio24hrs*)

Rui Costa não descarta cancelar São João na Bahia, mas pede calma: “Não tomamos a decisão”

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), não descartou a possibilidade de não haver festa de São João na Bahia este ano. Em entrevista à TV Band, o petista falou sobre a possibilidade de suspender a festa por causa da pandemia de coronavírus. Na Bahia, 108 casos foram confirmados.

“Não tomamos a decisão ainda. Vamos esperar um pouco, até final de abril, para tomar uma decisão. Mas a princípio acho difícil que a gente consiga reunir multidões em todo o estado”, disse ele.

Três pessoas ficam feridas após batida entre carro e carreta na BR-242

Três pessoas ficaram feridas após batida entre um carro de passeio e uma carreta na BR-242, trecho de Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia, na noite de sábado (28). De acordo com Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas foram levadas para um hospital da região.

A PRF não soube informar as circunstâncias do acidente, nem em qual veículo estavam os feridos. Ainda segundo a PRF, o carro de passeio já foi retirado da pista neste domingo (29). Já a carreta, que tem dois compartimentos de carga [que não foi divulgada], está no acostamento, sem atrapalhar o trânsito.

A PRF informou que aguarda o proprietário da carreta para retirada do veículo da pista. Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

Fonte: G1/ Bahia — Fotos: Blogbraga/Repórter Marlon

Prefeitos cobram repasse de recursos e diálogo com governo federal para crise da Covid-19

A Confederação Nacional de Municípios (CNM),se reuniu virtualmente com representantes regionais dos prefeitos e o ministro da Economia, Paulo Guedes, neste domingo (29), para tentar abrir um diálogo maior e ter a possibilidade de cooperação entre os entes da federação. 

O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, que também é vice-presidente da CNM, classificou a reunião como esclarecedora. “Foi importante para entender quais as medidas poderão ser tomadas. Vamos buscar por exemplo o diálogo com o Congresso e a flexibilização da Lei de Responsabilidade Fiscal. Não podemos ver a população morrer de fome, e os municípios sendo obrigados a direcionar seus recursos para áreas que não são essenciais nesse momento. Essencial é preservar a vida e a saúde das pessoas”, disse Eures.

O ministro garantiu aos prefeitos a manutenção dos os índices de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) nos mesmos parâmetros do ano anterior, injetando no FPM e FPE, juntos, R$16 bilhões. “Vamos fazer o dinheiro chegar nas prefeituras onde o problema será enfrentado”, afirmou Guedes.

O presidente da CNM, Glademir Aroldi, reforçou o pleito dos prefeitos sobre a necessidade dos municípios terem a suspensão do pagamento patronal do INSS. Para ele, os municípios já terão dificuldade de pagar a folha e ainda mais a previdência. O ministro afirmou que apoia a medida, apesar de ter a impressão de que constitucionalmente não conseguirá mexer na previdência. “Dependemos da aprovação de ações extraordinárias durante o período de calamidade pública. Precisamos de apoio jurídico pra isso”, disse.

Nesse sentido, Paulo Guedes afirmou que os prefeitos devem pressionar seus parlamentares para apoiar projetos que reforcem os recursos para os municípios. Entre eles, transferências de crédito que dependem da aprovação do PLN2. “Quem vai gerir a federação forte vai ser os municípios. Nós não acreditamos na centralização do recurso. O dinheiro tem que está na ponta onde a população vive”, reforçou Guedes.

O ministro da Economia também sugeriu que se abra um diálogo com o Congresso para renovar o FUNDEB da forma como ele está hoje, sem aumento. Segundo ele, o excedente seria direcionado à saúde. “Até porque essa verba está toda carimbada e a gente precisa de flexibilidade”. Ele defendeu ainda que o novo Pacto Federativo preveja, em um dispositivo, o congelamento de salários do funcionalismo para que os gestores organizem as contas. 

Sobre a ajuda financeira aos profissionais autonomos, ambulantes e desempregados, no valor de R$600, o ministro orientou que os prefeitos que já possuem o cadastro dos trabalhadores informais enviem os dados para o Cadastro Único, agilizando o repasse do auxílio do Governo Federal a esses trabalhadores. “Por isso é importante estarmos muito próximos”, pontuou ao reforçar que o Governo Federal antecipará benefícios ao setor privado também  complementando a folha dos empregados e com a Caixa e o BNDS oferecendo capital de giro para que o crédito mantenha o equilíbrio das empresas e os empregos nesse período. 

Além disso, o ministro solicitou que os prefeitos fiquem atentos à agricultura, ao abastecimento e o transporte para que o Brasil não tenha uma crise de desabastecimento ao fim da quaretena. “Nós estamos blindando a economia, injetando recurso”. Guedes colocou os técnicos do ministério à disposição para receber todas as demandas e disse ter convicção da importância dos municípios.

É inconstitucional adiar eleições e discussão é precoce, diz Rosa Weber

Diante do surto da pandemia mundial do novo coronavírus, o que seria e deveria ser, a discussão do momento com idéias para conter o vírus e plano de ação para aquecer a economia diante dos desempregos e estabelecimentos comerciais fechados. Fake News sobre as eleições marcadas para outubro de 2020, são espalhadas, na esperança de tirarem proveito da situação, se manter no poder, tais pessoas sem escrúpulos torcem até para o surto da pandemia se agravar, no intuito de adiar o pleito eleitoral e consequentemente manterem poder, e regalias proporcionadas pelas verbas públicas.

Não tem nenhuma discussão sobre o assunto, o momento é de conter o vírus e retomar o desenvolvimento e a normalidade da vida social e econômica da população.

A previsão atual é a de que o primeiro turno aconteça no dia 4 de outubro e o segundo, no dia 25 do mesmo mês.

A interrupção dos trabalhos na Justiça Eleitoral causada pela epidemia fez parte dos cartórios suspender o chamado sistema de teste exaustivo das urnas (STE), que avalia se as máquinas têm problemas.

Nesse teste, que dura aproximadamente cinco horas para cada urna, os equipamentos são ligados a um programa que avalia se há defeitos de uso. É analisado se há erros, por exemplo, nas teclas, na bateria ou na impressora do boletim. Se alguma delas apresentar problema, é encaminhada para manutenção.

Até a eleição, estavam previstos dois ou três testes exaustivos em São Paulo. Alguns cartórios conseguiram finalizar o primeiro teste exaustivo, mas o restante, nem isso.

Outro problema foi a suspensão de uma eleição simulada que envolve todos os cartórios eleitorais do Brasil.

Essa eleição simulada acontece com partidos e candidatos fictícios e tem como objetivo testar o funcionamento dos sistemas eleitorais de totalização de votos que serão usados na eleição verdadeira. Os eleitores são os funcionários da própria Justiça Eleitoral.

A justificativa para esse simulado é a mudança dos sistemas de totalização e divulgação, que são atualizados a cada eleição. O teste permite antecipar eventuais problemas que poderiam ocorrer em outubro.

Quando a pandemia estourou, os cartórios estavam na fase de alimentação das urnas com os candidatos fictícios. O trabalho é feito de forma sincronizada entre os cartórios, com prazos rigorosos, como se fosse uma eleição de verdade. No entanto, a quarentena fez o simulado ser abortado.

Na semana passada, o TSE instituiu plantão extraordinário até o dia 30 de abril. A decisão assinada pela presidente do órgão, a ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber, suspende prazos processuais, atendimento presencial e coleta biométrica.

Desde que os casos positivos para a Covid-19 aumentaram no Brasil, cresceram também movimentos a favor do adiamento das eleições. Um desses gestos foi feito a prefeitos no último domingo (22) pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

No entanto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), discordou, e o futuro presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, lembrou que a data está prevista na Constituição, mas que, se houver mudança, trabalhará “com essa nova realidade”.

Já Rosa Weber disse em nota que o debate sobre adiamento das eleições é precoce, além de o tema estar previsto na legislação constitucional e infraconstitucional.

Ela ainda afirmou que pôs na pauta do plenário do tribunal a prorrogação do prazo de filiação partidária, mas o colegiado foi unanimemente contra.

Para mudar a data das eleições, uma PEC (proposta de emenda à Constituição) teria que ser aprovada em dois turnos na Câmara e no Senado.

Na quarta (25), a OAB de São Paulo divulgou um comunicado em que dizia haver precipitação na discussão sobre adiamento das eleições.

“Até a última hora, não se deve desistir da realização dessas eleições que, como é sabido, têm importância vital para a democracia de nosso país e dizem respeito à unidade federativa cuja organização e representação é a mais próxima e íntima do eleitorado”, disse a entidade.

“Ressalte-se, no entanto, que diversos atos preparatórios, de iniciativa tanto da Justiça Eleitoral quanto dos partidos políticos, devem ter seu andamento e execução adaptados às posturas e medidas de saúde que são indicadas internacionalmente.”

Questionado sobre as suspensões dos testes nas urnas, o TSE informou que está atento “às inevitáveis alterações ante o atual cenário de excepcionalidade a todos imposto” e “vem estudando ajustes nos formatos de realização dos referidos testes”.

“O Plano Geral de Testes contempla 19 testes, com objetivos, complexidades e amplitudes diversos. De fato, o 8º simulado nacional de hardware (que inclui o Sistema de Testes Exaustivo – STE) precisou ser suspenso pouco após ultrapassar a metade da execução planejada, em virtude das políticas de isolamento adotadas pelas autoridades públicas”, informa o órgão.

“Destaco, contudo, que os testes são qualitativos e não impeditivos”, acrescenta.