-

Cachoeira: MPF aciona Incra para concluir demarcação de território quilombola

15 de janeiro de 2020
63 Acessos

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação civil pública para que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a União concluam os processos administrativos de titulação e a demarcação do território de identidade quilombola do Tabuleiro da Vitória. O terreno é localizado no município de Cachoeira, a 117 km de Salvador. A ação foi recebida pela Justiça Federal no último 18.

O local foi certificado pela Fundação Cultural Palmares como comunidade remanescente de quilombo, em outubro de 2013. No entanto, o processo ainda tramita junto ao Incra sem a entrega do relatório antropológico, que é o primeiro dos estudos que integram o Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID). O MPF considera que a omissão do instituto contraria a Constituição Federal.

Além disso, a ação aponta que a demora no andamento do processo, de mais de cinco anos, causa prejuízos à comunidade quilombola, que fica sujeita a problemas morais, físicos e psicológicos devido à instabilidade da situação. O Ministério Público Federal pediu à Justiça, em medida liminar, que determine ao Incra a conclusão do relatório, no prazo de 180 dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil.

Fonte: Metro1

Deixe seu comentários

NEM TE CONTO

Perseguição da PM a ladrões termina com baleados na Vasco da Gama: ‘pânico’
Mais noticias
0 shares11 views
Mais noticias
0 shares11 views

Perseguição da PM a ladrões termina com baleados na Vasco da Gama: ‘pânico’

portbahiadez10 - 23 de janeiro de 2020 - 12:03:27

Uma perseguição entre bandidos e policiais militares terminou com feridos e baleados em um acidente na avenida Vasco da Gama. A situação…

TRF-1 exclui varas da Justiça Federal na Bahia e altera jurisdição no estado; veja ás cidades
Mais noticias
0 shares7 views
Mais noticias
0 shares7 views

TRF-1 exclui varas da Justiça Federal na Bahia e altera jurisdição no estado; veja ás cidades

portbahiadez10 - 23 de janeiro de 2020 - 11:56:07

O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), desembargador Carlos Moreira Alves, alterou a jurisdição da Seção Judiciária…

INSS nega benefício a mulher sem mãos e pernas por não poder assinar documento
Mais noticias
0 shares9 views
Mais noticias
0 shares9 views

INSS nega benefício a mulher sem mãos e pernas por não poder assinar documento

portbahiadez10 - 23 de janeiro de 2020 - 11:51:57

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) negou benefício a uma mulher sem mãos e pernas por ela não poder…

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentarios sao de responsabilidade exclusiva de seus autores e nao representam a opiniao deste site.