Ano terá única superlua; veja o calendário astronômico de 2017

O ano de 2016 foi cheio de missões e eventos espaciais: a Sonda Juno entrou na órbita de Júpiter após 5 anos de missão; a maior superlua em quase 70 anos iluminou o céu; a estação Schiaparelli tentou pousar em Marte; a sonda Rosetta aterrissou em cometa e encerrou uma missão de 12 anos.

O novo ano também deve ser movimentado. O portal G1 elenca os principais eventos que estão no calendário astronômico de 2017. Quase 20 anos no espaço, a sonda Cassini deve encerrar sua missão e “mergulhar” na órbita de Saturno em setembro, de acordo com a Nasa. A agência espacial está há 12 anos estudando os anéis e luas do planeta com a espaçonave lançada em 1997.

A fase final da missão – chamada de “Grand Finale” – começa em abril. A Cassini deverá fazer observações mais próximas de Saturno e mapeará campos magnéticos e de gravidade, além de imagens mais fechadas da atmosfera.

Nesta terça-feira (3), os astronautas da Nasa divulgaram novas imagens do Titã, maior satélite natural de Saturno e o segundo maior do sistema solar. Leia a matéria no G1*

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *